Welthon, ex-Paços de Ferreira, reforça Vitória de Guimarães por quatro épocas

O brasileiro, de 25 anos, é o primeiro reforço dos vimaranenses no mercado de Inverno.

Foto
Pedro Martins conta com mais uma opção para o ataque LUSA/JOSÉ COELHO

O Vitória de Guimarães, oitavo classificado da I Liga portuguesa de futebol, confirmou na segunda-feira a contratação do avançado Welthon ao Paços de Ferreira, 14.º do campeonato, por quatro temporadas, em nota no sítio oficial.

O brasileiro, de 25 anos, tornou-se o primeiro reforço dos vimaranenses no mercado de Inverno, rubricando um vínculo que inclui uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros.

O ponta de lança transferiu-se para Guimarães após ter representado os "castores" na época passada, em que foi um dos protagonistas, com 16 golos em 34 jogos oficiais, e na primeira metade de 2017/18, marcada por problemas físicos, que rendeu quatro tentos em 15 partidas.

O Vitória, recorde-se, quis contratar o futebolista na ponta final do mercado de transferências de Verão, mas o Paços rejeitou a proposta, que "valia, do ponto de vista económico, mais de cinco milhões de euros", revelou depois, em Setembro, o presidente dos minhotos, Júlio Mendes, em entrevista à rádio local Santiago.

O jogador é mais uma opção ao dispor do treinador Pedro Martins para o eixo do ataque, a par de Junior Tallo - dois golos em 16 jogos -, Rafael Martins - cinco golos em 24 jogos - e Oscar Estupiñán, jogador que tem sido mais utilizado na equipa B - seis golos em 10 jogos, na II Liga.

Natural de Belém, do estado do Pará, no Brasil, Welthon cumpriu a primeira experiência em Portugal ao serviço da equipa B do Sporting de Braga, em 2013/14 - marcou dois golos em nove jogos no segundo escalão -, e representou, no país Natal, emblemas como o Atlético Goianiense, Paysandu, Grêmio Anápolis, Tapajós e Remo.