Dois portugueses no Open Amador Sul-Americano

Em Buenos Aires, Pedro Lencart começa prova em 17.º e Vítor Lopes em 35.º

Pedro Lencart está somente a quatro shots dos lideres na abertura © FILIPE GUERRA
Foto
Pedro Lencart está somente a quatro shots dos lideres na abertura © FILIPE GUERRA

Dois portugueses, entre 70 jogadores de 25 países, participam este ano no 13.ª Open Amador Sul-Americano, no par-72 do Martindale Country Club, em Buenos Aires, Argentina. A primeira volta jogou-se hoje, com Pedro Lencart a partilhar o 17.º posto com sete jogadores após um 71 inaugural, e com Vítor Lopes no quinteto dos 35.º. O seleccionador nacional Nelson Ribeiro lidera a comitiva nacional.

O argentino Alejandro Tosti e o escocês Callum Fyfe estão empatados na frente com 67, seguidos à distância mínima por um quinteto composto pelo paraguaio Gustavo Silvero, o argentino Horacio Carbonetti, o colombiano Pablo Torres, o norte-americano Scott Harvey (campeão em 2015 e vice-campeão em 2016) e o mexicano Aaron Terrazas, todos com 68. O vencedor de 2017, o costa-riquenho Paul Chaplet, está ausente.

Lencart, a jogar o seu segundo torneio do outro lado do Atlântico nas últimas duas semanas (esteve no Orange Bowl na última semana do ano passado), marcou no seu cartão três birdies e dois bogeys e Lopes o inverso (três bogeys e dois birdies. Para este último é a quarta presença neste evento que se joga sob a égide da Federação Sul-Americano de Golfe, sendo que a sua melhor marca foi o 10.º lugar em 2015, em Lima, Peru.

Além de jogadores de nove países sul-americanos e dos portugueses, o evento conta com representantes do Canadá, Costa Rica, Inglaterra, Finlândia, Guatemala, Islândia, Irlanda, México, Nova Zelândia, Panamá, Porto Rico, Escócia, Estados Unidos da América e País de Gales.

Veja mais em www.golftattoo.com

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações