Edmundo Martinho vai ser o provedor da Santa Casa

Vice-provedor aceitou substituir Santana Lopes à frente da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Foto
Edmundo Martinho era vice-provedor da Santa Casa Enric Vives-Rubio

O número dois da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Edmundo Martinho, vai substituir Santana Lopes à frente da instituição. A decisão foi divulgada na manhã desta quarta-feira pelo Ministério do Trabalho e Segurança Social, que diz que o vice-provedor ocupará o cargo de provedor nos próximos tempos.

“Considerando que é essencial assegurar o regular funcionamento desta instituição e a continuidade do trabalho desenvolvido, decidiu o Governo convidar o vice-provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, dr. Edmundo Martinho, a assumir o cargo de provedor, convite esse que foi aceite”, lê-se numa nota enviada às redacções.

A substituição do provedor acontece dias depois de Santana Lopes ter pedido ao Governo a cessação de funções por ser candidato à liderança do PSD. Contudo, ainda não há data para a nomeação oficial, que será “concretizada em momento oportuno”, lê-se na mesma nota.

Edmundo Martinho é um homem forte da Segurança Social. Entre 2005 e 2011 presidiu ao Instituto de Segurança Social, quando no ministério da tutela estava o actual ministro Vieira da Silva. Martinho ocupou este cargo até sair para o Observatório da Segurança Social, em Genebra.

Santana Lopes não definiu um prazo para a sua saída, mas disse precisar de algum tempo para passar a pasta.