Peter Sagan campeão do mundo pela terceira vez consecutiva

Rui Costa foi o melhor português, terminando no 19.º lugar.

A luta pelo triunfo no sprint final dos Mundiais de estrada
Foto
A luta pelo triunfo no sprint final dos Mundiais de estrada Reuters/NTB SCANPIX

O ciclista eslovaco Peter Sagan sagrou-se neste domingo campeão do mundo pela terceira vez e tornou-se o primeiro a fazê-lo de forma consecutiva, ao ganhar a corrida de fundo dos Mundiais disputados em Bergen, na Noruega.

A prova de 276,5 quilómetros decidiu-se ao sprint, com Sagan a impor-se por menos de meia roda ao norueguês Alexander Kristoff, após 6h28m11s de corrida, enquanto o australiano Michael Matthews terminou em terceiro.

Rui Costa, campeão do mundo em 2013, foi o melhor português, ao terminar no 19.º lugar, com o mesmo tempo do vencedor, integrando o grupo de cerca de 30 unidades que chegou destacado à meta.