António Barbio vence em Santo Tirso a 7.ª etapa da Volta

Efapel estreia-se a ganhar na presente edição da Volta a Portugal.

DR
Foto
DR

Foi uma dupla estreia a ganhar: para a Efapel, que ainda não tinha festejado nesta Volta a Portugal, e para António Barbio, que nunca tinha vencido uma etapa na prova-rainha do ciclismo nacional. Aos 23 anos, o corredor de Almada impôs-se na 7.ª tirada da prova, cortando a meta isolado na chegada ao alto da Nossa Senhora da Assunção, em Santo Tirso.

Quando Barbio, que iniciou a fuga muito cedo na etapa, entrou na fase decisiva, tinha ainda pela frente os 6,6km de subida atè à meta e a vantagem para os perseguidores directos era de cerca de três minutos. Primeiro David de la Fuente (Louletano) e depois Antonio Parrinello (GM Europa) descolaram ligeiramente do pelotão, indiciando uma resposta à altura que rapidamente se esbateu.

António Barbio resistiu mesmo na montanha, após 161,9km de trajecto e 4h06m01s a pedalar, e alcançou o maior triunfo da carreira até à data - até este sábado, tinha no segundo lugar na 2.ª etapa do Grande Prémio Internacional de Torres Vedras de 2016 o resultado mais destacado.

"Já procurava uma vitória há dois anos e não esperava que aparecesse na Volta a Portugal. Já tínhamos tentado e batemos na trave, mas desta vez, felizmente, conseguimos ganhar", regozijou-se Barbio, antes de abraçar os colegas e agradecer o trabalho da equipa, desde Lousada até Santo Tirso. 

A 1m07s do vencedor, chegaram os grandes favoritos à camisola amarela final. Gustavo Veloso (W52-FC Porto), Vicente de Mateos (Louletano), Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira) e Raul Alarcón (W52-FC Porto) cortaram a meta de seguida, por esta ordem, mantendo-se praticamente tudo na mesma no topo da geral. Ou seja, Alarcón continua a ser o "alvo a abater".

Classificações

7.ª etapa (Lousada-Santo Tirso, 161,9km)
1. António Barbio (Efapel): 4h06m01s
2. Gustavo Veloso (W52-FC Porto): a 1m07s
3. Vicente de Mateos (Louletano): m.t.
4. Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira): m.t.
5. Raul Alarcón (W52-FC Porto): m.t.

Geral individual
1. Raul Alarcón (W52-FC Porto): 32h16m30s
2. Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira): a 24s
3. Vicente de Mateos (Louletano): a 30s
4. Gustavo Veloso (W52-FC Porto): a 33s
5. Amaro Antunes (W52-FC Porto): a 34s

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações