Eva Lobo Carvalho
Foto
Eva Lobo Carvalho

Vem aí a PetLook, uma plataforma para donos de animais

Quem tem animais de estimação sabe que pode ser difícil encontrar um serviço de confiança. A plataforma PetLook está a ser desenvolvida para facilitar essa procura

Eva Lobo Carvalho é uma amante de animais assumida e leva-os consigo para todo o lado. Um dia, esta enfermeira veterinária reparou que os clientes perguntavam constantemente se conhecia algum serviço de confiança para os animais de estimação. “As pessoas não confiam totalmente em quem estão a entregar o seu animal”, explica Eva ao P3, acrescentando que, quando procura os vários tipos de serviços da área animal, a informação presente na Internet é escassa.

Foi ao encontrar estas dificuldades que Eva, juntamente com mais quatro pessoas, decidiu criar a PetLook, uma plataforma digital que reúne todos os serviços que existem para animais de estimação e permite que os donos possam procurar estas unidades com mais facilidade. Através de críticas, os utilizadores podem perceber se o serviço tem qualidade e, caso algum desperte o seu interesse, agendá-lo.

Segundo Eva, a plataforma traz benefícios para os dois lados. “Facilitar tanto o lado dos prestadores de serviços, que ajudam ao agendamento e ganham visibilidade, como o lado dos donos dos animais, que têm mais facilidade em procurar o que pretendem, mesmo para poderem relacionar o preço com a qualidade”, acrescenta.

Apesar de ser “nova no mundo do empreendedorismo”, a ideia já valeu à enfermeira veterinária o segundo prémio na primeira edição do programa de pré-aceleração Startup Launch Program, que se traduz em 115 horas de serviços que vão permitir ajudar a desenvolver e a divulgar a plataforma.

Mas, o que é que os utilizadores vão encontrar quando entrarem na PetLook? “Uma página onde começam por seleccionar o tipo de serviço que pretendem e em que zona, assim como os diferentes preços”, explica. Entre os vários serviços disponíveis estão hotéis veterinários, centros de daycare e de grooming (salões de beleza animal) e outro tipo de serviços alternativos que existem nesta área. 

Depois de dois meses a pensar e a planear o projecto, a plataforma começou agora a ser desenvolvida, estando o lançamento previsto para Setembro. O objectivo, conta Eva, não é ficar apenas por Portugal, mas chegar também a Espanha e, no futuro, a mais países. “Queremos ter uma plataforma que realmente possa aglomerar tudo, mesmo as pessoas vindo para cá ou nós indo para outro sítio.”