Director de comunicação da SAD do FC Porto suspenso por 44 dias

Em causa estão considerações sobre arbitragem tecidas na newsletter Dragões Diário, em Fevereiro.

Foto

O director de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, foi suspenso por 44 dias pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), por declarações feitas através da newsletter Dragões Diário, em 25 e 27 de Fevereiro passado.

A esta sanção acresce uma multa de 2.869 euros, sendo que a SAD do clube também não escapa à multa, que ascende a 7.650 euros.

Em causa estão, de acordo com o comunicado do órgão da FPF, declarações proferidas na newsletter do clube relativas à arbitragem de jogos que envolveram Benfica e FC Porto.

Concretamente sobre o Benfica-Desportivo de Chaves foi escrito: "Ontem, na Luz, o Ferrari vermelho fez 'pendant' com o Benfica, o que nem aos mais distraídos surpreende -- estava lá mesmo para isso, para fazer 'pendant'".

Em 27 de Fevereiro, o motivo das declarações é o Boavista-FC Porto e a arbitragem de Fábio Veríssimo: "Só quem não quiser ver é que pode fingir que estas arbitragens não acontecem devido à coacção grave e reiterada que é diariamente exercida directa e indirectamente pelo Benfica."

O Conselho de Disciplina da Federação considera que as declarações violaram o artigo 136 do Regulamento Disciplinar sobre "lesão da honra e reputação e denúncia caluniosa".

Sugerir correcção