Ronaldo confirma que foi pai e deixa selecção para conhecer os filhos

Jogador foi dispensado e não estará no domingo no encontro de atribuição dos 3.º e 4º lugares da Taça das Confederações.

Foto
LUSA/MARIO CRUZ

É a confirmação oficial de que Cristiano Ronaldo foi mesmo pai de gémeos. Depois de semanas de especulação, a confirmação da notícia foi feita quase em simultâneo num post do jogador do Facebook e num comunicado da Federação Portuguesa de Futebol em que é anunciada a dispensa do avançado do Real Madrid do jogo de atribuição dos 3.º e 4.º lugares da Taça das Confederações, agendado para domingo.

"O presidente da FPF [Federação Portuguesa de Futebol] e o seleccionador nacional foram informados antes da Taça das Confederações pelo capitão da selecção nacional, Cristiano Ronaldo, que este tinha sido pai", diz um comunicado da FPF, publicado na madrugada desta quinta-feira.

"O atleta, apesar do nascimento dos filhos, fez questão de ficar ao serviço da selecção nacional, num gesto que devemos sublinhar e enaltecer. O presidente da FPF e o seleccionador nacional entendem que, na impossibilidade de chegar ao objectivo de vencer a Taça das Confederações, devem libertar o atleta para que este possa, finalmente, ir conhecer os seus filhos", diz o mesmo comunicado da FPF, publicado após a derrota com o Chile no desempate por penáltis.

Quase em simultâneo, Ronaldo publicou uma mensagem no Facebook, em que lamenta que a selecção não tenha conseguido “alcançar o principal objectivo” na disputa da Taça das Confederações, afirmando que esteve ao serviço da selecção “de corpo e alma”, mesmo sabendo que os seus dois filhos tinham nascido.

Estive ao serviço da Seleção Nacional, como sempre acontece, de corpo e alma, mesmo sabendo que os meus dois filhos...

Posted by Cristiano Ronaldo on Wednesday, 28 June 2017

“O presidente da Federação Portuguesa de Futebol e o seleccionador nacional tiveram hoje uma atitude que me sensibilizou e que não esquecerei”, escreveu Cristiano Ronaldo numa publicação no Facebook. "Estou muito feliz por poder, finalmente, estar com os meus filhos pela primeira vez”,  concluiu.

Depois de muita especulação, estas são as primeiras confirmações oficiais de que o jogador português foi pai de duas crianças.

Sugerir correcção