O dia em que Marcelo, César e Cordeiro beberam um gin sem falar em política

O Peter tem o "melhor gin deste lado do Atlântico", disse o líder do governo regional. Mas o Presidente da República contrapôs: "Melhor gin do mundo".

Fotogaleria
O chefe de Estado, o actual e o ex-presidente do Governo Regional dos Açores estiveram na terça-feira durante cerca de uma hora sentados no famoso Peter Café Sport LUSA/MIGUEL A. LOPES
Fotogaleria
"A política ficou de lado", garantiu Marcelo LUSA/MIGUEL A. LOPES

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, bebeu um gin com os políticos socialistas açorianos Carlos César e Vasco Cordeiro, mas assegurou que "a política ficou de lado".

O chefe de Estado, o actual e o ex-presidente do Governo Regional dos Açores estiveram na terça-feira durante cerca de uma hora sentados no famoso Peter Café Sport, na cidade na Horta, na ilha do Faial, ao final do dia. Os jornalistas assistiram à distância a este convívio.

No final, o Presidente da República assegurou, contudo, que "a política ficou de lado", dizendo que "foi uma conversa essencialmente sobre como inspirador é este local".

Nesta conversa estiveram também o Representante da República nos Açores, Pedro Catarino, e a presidente da Assembleia Legislativa dos Açores, Ana Luís, que chegou um pouco depois.

À chegada, houve um brinde conjunto com o proprietário do café, José Henrique Azevedo, com "gin do mar", também apelidado de "gin da amizade", num gesto que Marcelo Rebelo de Sousa descreveu como um "grande momento patriótico".

O presidente do Governo Regional dos Açores comentou que se tratava do "melhor gin deste lado do Atlântico", mas o Presidente da República contrapôs: "Melhor gin do mundo".

Marcelo Rebelo de Sousa elogiou o espaço, cheio de recordações de iates que passaram pelo porto da Horta, considerando que "é Portugal no seu melhor, e é Açores no seu esplendor", e arranjou um pretexto para regressar já no próximo ano.

"Ah, é o centenário aqui do Peter? Ah, então está feito", declarou, perante as gargalhadas de Vasco Cordeiro, acrescentando: "Mais uma deslocaçãozinha simpática que eu terei de fazer, mas aí provavelmente a título privado, não pode ser programa oficial".

"Depois há de dizer-me qual é a melhor ocasião", pediu Marcelo, dirigindo-se para o proprietário, que explicou que o aniversário do Peter é no dia 25 de dezembro, mas as celebrações vão durar todo o ano de 2018.