Apenas 5% das praias portuguesas têm um registo de "zero poluição"

A associação ambientalista Zero lista 33 praias em todo o país, menos de metade do número registado em 2016.

Foto
Os concelhos algarvios de Aljezur e Vila do Bispo lideram a lista da associação Zero. Nuno Ferreira Santos/Arquivo

Na véspera do arranque da época balnear na maior parte das praias portuguesas, a Associação Sistema Terrestre Sustentável, Zero, identificou 33 praias com "zero poluição" - ou seja, sem registo de contaminação ao longo dos três últimos anos. Este valor representa apenas 5% do total das 601 zonas balneares existentes em 2017, e menos de metade relação às praias que no ano passado apresentavam um registo "zero".

Este ano, 33 praias não apresentaram qualquer contaminação microbiológicas nas análises efectuadas ao longo em três épocas balneares consecutivas, o período mínimo requerido por uma directiva comunitária relativa à gestão da qualidade das águas balneares para se proceder à classificação da qualidade da praia. 

Esta é uma redução drástica face às 71 praias que em 2016 registavam "zero poluição". Ao PÚBLICO, Francisco Ferreira, da Zero, explica que "o decréscimo do número de praias com zero poluição pode dever-se, por exemplo, a correntes ou a chuvadas que acabam por contaminar as águas". 

As 33 praias listadas este ano sempre apresentara uma classificação geral "excelente" e apresentaram valores zero ou inferiores ao limite mínimo de detecção em todas as análises realizadas a dois parâmetros microbiológicos controlados. "Em todas as análises efectuadas não houve sequer a detecção de qualquer unidade formadora de colónias", explica o director da associação.

Para melhorar os resultados, Francisco Ferreira diz ser preciso "rigor no tratamento dos esgotos" e que "as pessoas não podem deixar lixo na praia".

Na lista das praias sem poluição destacam-se dois municípios do sudoeste algarvio. Aljezur conta com as praias do Amado, Monte Clérigo, Odeceixe-Mar e Vale dos Homens. Por sua vez, no concelho de Vila do Bispo, as praia de Cabanas Velhas, Boca do Rio, Ingrina e Zavial são as que registam "zero poluição".

Os concelhos de Grândola, Sines, Tavira e Vila Nova de Gaia têm cada um três praias com "zero poluição".

No início da época balnear, a associação aproveita para deixar, em comunicado, três alertas. Apenas devem ser frequentadas praias classificadas como zonas balneares, onde há vigilância e onde se conhece a qualidade da água. Não devem ser deixados quaisquer resíduos na praia e deve fazer-se um esforço para preservar a paisagem e os ecossistemas envolventes das zonas balneares, evitando pisar as dunas, por exemplo. 

Texto editado por Pedro Guerreiro