Menino de dois anos electrocutado no Pinhal Novo

Criança foi transportada para o Hospital do Montijo, onde acabou por morrer.

Vítima foi electrocutada por cabos de uma puxada de energia eléctrica ilegal
Foto
Vítima foi electrocutada por cabos de uma puxada de energia eléctrica ilegal Manuel Roberto/Arquivo

Um menino de dois anos morreu este domingo após ter sido electrocutado por cabos de uma puxada de energia eléctrica ilegal em Pinhal Novo, no concelho de Palmela, distrito de Setúbal, disse à agência Lusa fonte da GNR.

Segundo a fonte do Comando Territorial de Setúbal da GNR, o Posto Territorial de Pinhal Novo recebeu o alerta cerca das 19h30, mas quando os militares chegaram ao local do acidente, um acampamento, o menino já tinha sido transportado "em estado muito grave" para o Hospital do Montijo, onde acabou por morrer.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal disse à Lusa que os Bombeiros de Pinhal Novo foram alertados para o acidente às 18h47 pelo Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU), mas quando chegaram ao local o menino já tinha sido transportado pelos próprios pais para o Hospital do Montijo.