Obra de Basquiat vendida em leilão por 99 milhões de euros

Obra foi vendida a um empresário japonês por 99 milhões de euros. Este é um "momento histórico", dizem especialistas.

LUSA/SOTHERBY'S / HANDOUT
Foto
LUSA/SOTHERBY'S / HANDOUT

Um quadro de 1982 do pintor norte-americano Jean-Michel Basquiat foi vendido por cerca de 99 milhões de euros pela leiloeira Sotheby’s na madrugada desta sexta-feira. Sem título, a obra do artista norte-americano revela, num fundo azul, um crânio. Torna-se assim na sexta obra de arte mais cara vendida em leilão.

A licitação foi feita por quatro potenciais compradores, sendo que todos utilizaram intermediários. A base de licitação inicial era 54 milhões de euros, mas o quadro acabou por ser vendido por 99 milhões de euros a Yusaku Maezawa, um empresário japonês de 41 anos.

Recorde-se que foi também Yusaku que estabeleceu o recorde para a anterior obra de Basquiat, leiloada por 51 milhões de euros. Depois da licitação, a Sotheby's revelou o seu entusiasmo pela venda da peça. À BBC, Gregoire Billault afirmou que "alcançar a barreira dos 99 milhões de euros,com uma obra tão recente, é extraordinário". O chefe de arte contemporânea da leiloeira declarou ainda que esta obra mostra o verdadeiro talento de Basquiat: "É emocionante. Ele está a fazer algo nunca antes visto." É a primeira pintura da década de 1980 a atingir 99 milhões de euros.

Ao New York Times, Larry Warsh, um coleccionador das obras de Basquiat, afirmou que este é um “momento histórico”, reforçando que este feito volta a afirmar o pintor enquanto artista.

Para Jeffrey Deitch, um perito em Basquiat, o artista norte-americano, que começou por pintar nas ruas de Brooklyn, "está agora equiparado a Francis Bacon e Pablo Picasso”.

Foi através de uma publicação na rede social Instagram que Yusaku mostrou aos seus seguidores a sua nova aquisição, compartilhando ainda a sua emoção por adquirir o quadro. O empresário japonês pretende criar em Chiba, a sua terra natal, um museu para exibir as peças que tem vindo a adquirir. 

Jean-Michel Basquiat morreu em 1988, com apenas 27 anos.