PÚBLICO participa em questionário sobre a Internet em oito países europeus

Campanha convida os leitores a responder a um questionário semanal, durante três semanas.

Foto

Para aprofundar o diálogo entre quem toma as decisões políticas e os cidadãos, o Atomium – Instituto Europeu para a Ciência, Media e Democracia, com sede em Bruxelas, lança esta semana uma campanha em oito jornais europeus, incluindo o PÚBLICO, para que se trace um retrato pormenorizado sobre o que pensamos todos nós da próxima geração da Internet. A primeira campanha deste género do Atomium foi no ano passado (o tema eram as doenças crónicas) e o PÚBLICO também participou.

A nova campanha decorre durante três semanas, cada uma com um questionário diferente, e que no caso do PÚBLICO serão publicados entre 20 de Abril e 4 de Maio. O primeiro questionário é sobre as “Novas tecnologias que interferem na economia: negócio, emprego e competências”; o segundo sobre “Novas tecnologias que interferem na esfera pública: informação, democracia e redes sociais”; e por fim “Novas tecnologias que esbatem as fronteiras dos mundos online e offline”.

Responda aqui ao questionário

Os questionários são acessíveis a partir do site do PÚBLICO (em português, todas as quintas-feiras) e nos restantes sete jornais que se juntaram à iniciativa: Der Standard (Áustria), El País (Espanha), Frankfurter Allgemeine Zeitung (Alemanha), Gazeta Wyborcza (Polónia), La Libre Belgique (Bélgica), Luxemburger Wort (Luxemburgo), Sole 24 ore (Itália).

Intitulada Iniciativa sobre a Internet de Próxima Geração, a campanha é lançada através da plataforma tecnológica REIsearch – uma ferramenta de tecnologias da informação e comunicação promovida pelo instituto Atomium e co-financiada pela Comissão Europeia. O Atomium é um consórcio de universidades, jornais e empresas destinado a promover a difusão da ciência e uma reflexão sobre uma sociedade baseada no conhecimento, tendo sido criado em 2009 pelo antigo presidente francês Valéry Giscard d’Estaing (actual presidente honorário do instituto) e por Michelangelo Baracchi Bonvicini (actual presidente). E a plataforma REIsearch destina-se a facilitar a ligação entre os cidadãos, os cientistas e os decisores políticos em questões ligadas à ciência e tecnologia e aos desafios que a Europa terá de enfrentar no futuro.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações