Rio Ave foi presa fácil para o V. Guimarães

Vimaranenses regressaram aos triunfos no campeonato.

Rafael Martins abriu caminho ao triunfo vimaranense
Foto
Rafael Martins abriu caminho ao triunfo vimaranense LUSA/HUGO DELGADO

A 26.ª jornada da I Liga fechou com o regresso do V. Guimarães aos triunfos, após dois empates consecutivos (com Sporting e Estoril). A equipa de Pedro Martins recebeu e venceu o Rio Ave por 3-0, com golos marcados por Rafael Martins, Hernâni e David Texeira, todos na segunda parte. Os vimaranenses mantêm o quinto lugar e continuam na perseguição ao rival Sp. Braga, que está a dois pontos.

Condicionado por uma longa lista de indisponíveis – a Moreno, Tozé, Rafael Miranda e Hurtado cumpriram castigo – o V. Guimarães não entrou bem na partida e o Rio Ave foi a primeira equipa a criar perigo: Héldon rematou na esquerda para defesa de Miguel Silva, e na recarga Gil Dias atirou por cima. Foi como se um despertador tivesse tocado no Estádio D. Afonso Henriques, porque os vimaranenses acordaram e foram a equipa mais perigosa até ao intervalo. Cássio teve de aplicar-se para contrariar os remates de Rafael Martins (19’ e 32’) e Marega, de livre directo, acertou na trave da baliza do Rio Ave (22’).

A superioridade dos anfitriões manteve-se na segunda parte e acabou por ter tradução no marcador. Logo aos 49’ Rafael Martins tentou fazer o “chapéu” a Cássio, mas o guarda-redes do Rio Ave recuou a tempo e agarrou a bola. Mas aos 60’ o guardião não pôde fazer nada para travar o remate do brasileiro, reforço de Inverno do V. Guimarães com a função de fazer esquecer Soares, que se mudou para o FC Porto. Após um alívio incompleto da defesa vila-condense, Rafael Martins desferiu um tiro indefensável para fazer o 1-0.

As coisas complicaram-se para o Rio Ave logo a seguir, com a expulsão de Héldon, por acumulação de amarelos. E aos 70’ a partida ficou decidida com o 2-0 para os vimaranenses: Hernâni recebeu a bola no lado esquerdo, entrou na área e rematou cruzado para o fundo da baliza de Cássio. O 3-0 chegou a estar à vista aos 85’, após um cruzamento de Marega, mas Marcelo estava no sítio certo para fazer o corte providencial. Porém, já no período de compensação, a defesa do vila-condense nada conseguiu fazer para evitar o terceiro golo da equipa da casa, num remate do uruguaio David Texeira.

As tentativas da equipa de Luís Castro para levar alguma coisa de Guimarães foram tímidas e não surtiram qualquer efeito. Numa bola longa, Gil Dias aproximou-se da área mas o remate foi desviado por um adversário. E aos 87’, num livre directo, João Novais atirou à figura de Miguel Silva.

O terceiro triunfo do V. Guimarães nos últimos quatro jogos em casa perante o Rio Ave permitiu à equipa de Pedro Martins regressar às vitórias no campeonato. Os vimaranenses venceram duas das últimas seis partidas a contar para a I Liga em Guimarães. Os vila-condenses viram acentuar-se o mau momento nos jogos fora: perderam seis das últimas sete deslocações do campeonato.