Hasebe iguala recorde do tempo em que o futebol japonês nasceu para a Alemanha

O futebolista Makoto Hasebe igualou o feito de Yasuhiko Okudera como o japonês com mais jogos no principal escalão do futebol alemão. Okudera foi o primeiro de uma vaga de jogadores japoneses que já jogaram na Bundesliga.

Makoto Hasebe conquistou a Bundelsiga quando jogava no Wolfsburg, na época 2008/09
Foto
Makoto Hasebe conquistou a Bundelsiga quando jogava no Wolfsburg, na época 2008/09 Reuters/Toru Hanai

Este domingo, o Eintracht Frankfurt recebeu o Sport-Club Freiburg, jogo a contar para a 23.ª jornada da Bundesliga. Makoto Hasebe, da equipa da casa, entrou em campo e igualou o recorde do ex-jogador Yasuhiko Okudera como o japonês com mais jogos feitos no principal escalão de futebol alemão. Okudera, entre 1977 e 1986, realizou 234 jogos na Bundesliga e marcou 26 golos. Hasebe, até ao jogo contra o Freiburg, tinha 233 jogos e sete golos marcados.

O feito de Makoto Hasebe, de 33 anos, é notório tendo em conta que iguala o primeiro futebolista japonês a jogar profissionalmente na Europa e nas competições europeias e que abriu as portas a tantos outros, como Shinji Kagawa, Keisuke Honda e Shinji Okasaki. Yasuhiko Okudera juntou-se aos alemães do Colónia em 1977 e logo na sua primeira aventura no Velho Continente, o ex-lateral-esquerdo japonês ajudou a equipa alemã a conquistar o título de campeão (o último até hoje) na época de 1977/78, contribuindo com cinco golos para esse feito.

“Não tinha a certeza se iria ter sucesso lá”, disse Okudera numa entrevista à FIFA.com, em 2009. O Japonês confessou que o seu primeiro ano a jogar futebol fora do Japão foi uma “luta”, por ter de se adaptar aos costumes de vida.

Na época a seguir, Okudera tornou-se, também, no primeiro japonês a marcar nas competições europeias, quando concretizou frente ao Nottingham Forest, nas meias-finais da então Taça dos Clubes Campeões Europeus.

Depois de sair do Colónia, Yasuhiko Okudera juntou-se ao Hertha de Berlim, ainda que só por uma época, e terminou a sua passagem por terras alemãs no Wender Bremen, onde esteve entre 1981 e 1986, mas nunca mais conquistou o título de campeão. Regressou ao Japão para jogar na equipa onde estava antes de rumar à Europa, os Furukawa Electric (actualmente, JEF United), que na altura disputava a primeira divisão de futebol japonês (actualmente a J1 League) e aí terminou a carreira como jogador, em 1988. Na sua segunda passagem pelos Furukawa, Okudera tornou-se no primeiro jogador profissional a jogar na liga nipónica.

Na altura em que Okudera jogava no campeonato alemão, a Selecção Nacional Japonesa ainda não tinha participado no Campeonato do Mundo (a primeira participação foi em 1998, em França, e a partir daí qualificou-se sempre) e a sua primeira final da Copa da Ásia foi em 1992, quando se tornou campeã depois de derrotar a Arábia Saudita por 1-0.

No Mundial de 2014, quase 40 anos depois da estreia de Okudera na Bundesliga, foi possível constatar a importância que o jogador japonês teve no futebol do seu país. O plantel de 23 jogadores que participaram no campeonato do Brasil continha sete que jogavam, na altura, na liga alemã: Atsuto Uchida, Hiroki Sakai, Gotoku Sakai, Makoto Hasebe, Shinji Okazaki, Hiroshi Kiyotake, Yuya Osako e… o capitão Makoto Hasebe, que à data estava no Nuremberga.

Yasuhiko Okudera pode ter aberto as portas a que outros jogadores japoneses singrassem no continente europeu, onde é praticado um futebol mais competitivo, e pudessem transportar essa qualidade para a selecção japonesa, como é o caso de Hasebe, mas a verdade é que o médio do Frankfurt já ultrapassou o seu conterrâneo no que a internacionalizações diz respeito: Okudera conta com 26 jogos e nove golos e Hasebe já completou 104 jogos, tendo apontado dois golos

Nos 234 jogos que tem realizados até agora na Bundesliga, Makoto Hasebe marcou sete golos. A época mais produtiva foi a de 2012/13, quando apontou dois.O único título que o jogador conquistou em solo germânico foi o Campeonato, em 2009, quando integrava a equipa do Wolfsburgo.