Infanta Cristina vai mudar-se para Lisboa

O objectivo é ficar próxima do seu marido, Iñaki Urdangarin, que foi condenado a seis anos e três meses de prisão por fraude e desvio de dinheiro.

Reuters/PAUL HANNA
Foto
Reuters/PAUL HANNA

Cristina de Borbón conheceu, esta sexta-feira, a sentença do caso Nóos: o seu marido, Iñaki Urdangarin, foi condenado a seis anos e três meses de prisão por fraude e desvio de dinheiro. Agora, a infanta, que vive na Suíça, vai mudar-se para Lisboa, para estar mais perto do marido, avança o El País.

De acordo com o jornal espanhol, a filha mais nova dos reis eméritos espanhóis vai mudar-se com os seus quatro filhos para Lisboa, quando o ano lectivo acabar. A irmã do rei Felipe VI vai trabalhar na sede da Fundação Aga Khan, em Lisboa.

A infanta já tinha afirmado, antes, que se a sentença fosse desfavorável não ia continuar a viver em Genebra, na Suíça. O objectivo é ficar mais próximo do seu marido, durante os anos em que vai estar preso em Espanha. 

De acordo com o diário espanhol, assim que o caso Nóos começou a ser conhecido, Cristina de Borbón mudou-se para Washington com a família, para se proteger da exposição pública. Quando voltou a Espanha, viveu um ano na Casa Pedralbes, em Barcelona, altura em que trabalhou para a Fundação La Caixa. O envolvimento no escândalo custou-lhe a confiança da Casa Real espanhola, da qual foi sendo afastada. 

Em 2013, a antiga duquesa de Palma mudou-se para Genebra, para exercer funções na Fundação Aga Khan, num exílio auto-imposto. Em 2015, Felipe VI despojou-a do título de duquesa de Palma, marcando o fim das suas relações com a Zarzuela.

Cristina foi absolvida da acusação de delito fiscal por, alegadamente, ter beneficiado de parte do dinheiro desviado pelo marido através de uma empresa familiar, mas terá de pagar uma multa de 265 mil euros, a título de responsabilidade civil por benefícios indevidos. Já o seu marido foi condenado no mesmo processo por ter desviado milhões de euros dos cofres públicos a coberto de organizações de eventos desportivos entre 2004 e 2007. 

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações