Sarah Dorweiler/Unsplash
Foto
Sarah Dorweiler/Unsplash

Já há uma linha para esclarecer dúvidas sobre saúde animal

Cães, gatos, cavalos e exóticos: os enfermeiros e médicos veterinários da Linha Saúde Animal 24 respondem a dúvidas sobre estes animais e encaminham quando necessário. Chamadas têm custo único de 60 cêntimos (mais IVA)

Há dúvidas que os donos de animais de companhia têm vergonha de colocar em consulta — e as chamadas que a médica veterinária Carolina Rebelo recebe provam isso mesmo. “As pessoas sentem-se inibidos em perguntar algumas coisas porque acham que podem estar a dizer um disparate”, acredita. Foi por isso que, com Salvador Falcão, decidiu lançar a Linha Saúde Animal 24.

Desde Maio último que estão a trabalhar na ideia, agora concretizada: a linha (760 450 911) está activa desde esta quarta-feira, 7 de Dezembro, e funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana. Os sete enfermeiros e médicos veterinários disponíveis para esclarecer as dúvidas dos donos de animais estão aptos para aconselhar sobre cães, gatos, cavalos e exóticos.

“Hoje em dia, várias pessoas têm equinos, montam e necessitam de informações rápidas. Além disso, os exóticos têm um papel enorme: ocupam pouco espaço e são de fácil manutenção, pelo que a população tem crescido”, justifica Carolina Rebelo, em entrevista ao P3.

PÚBLICO -
Foto
Carolina Rebelo e Salvador Falcão, médicos veterinários, são os criadores da linha

“Fazemos perguntas de triagem, a partir de um software desenvolvido por nós e para nós, consoante o animal”, explica a médica veterinária de 33 anos. “Conforme a gravidade e a sensibilidade do caso, fazemos o encaminhamento ou aconselhamos.”

Quando a situação não exige encaminhamento para um médico veterinário, os enfermeiros da Linha Saúde Animal 24 “dão conselhos de tratamento conservadores, sem nunca fazer prescrição de medicação ou consultas por telefone”, esclarece Carolina. Se um animal tem sintomas leves gastrointestinais, por exemplo, aconselham o jejum ou uma dieta alimenta. Só em caso de persistência de sintomas é que encaminham para um hospital ou clínica.

Quem ligar para o 760 450 911 vai ouvir uma mensagem automática. A chamada é desligada e, de seguida, devolvida. O objectivo, diz Carolina, é que os donos “não se sintam inibidos pelo tempo que a triagem possa demorar”.