Investimento do Orçamento Participativo de Arroios quase duplica

O financiamento para as propostas do orçamento participativo de Arroios cresceu de 40 000 para 75 000 euros.

A votação termina no dia 30 de Agosto
Foto
A votação termina no dia 30 de Agosto DR

Termina esta terça-feira o prazo para votação em três dos 15 projectos que estão na corrida ao Orçamento Participativo de Arroios. Cada cidadão pode votar por sms, no site do orçamento ou nas instalações da junta de freguesia, insituição que se mostra satisfeita com a adesão dos habitantes, que é bem maior do que no ano passado.

Até 15 de Abril foram mais de 40 os projectos sugeridos, informa a presidente de Junta de Freguesia de Arroios, Margarida Martins. A comissão de acompanhamento, multipartiária, fez uma triagem - se o valor da proposta ultrapassar os 5000 euros não pode ser levado a votação e a execução do projecto é tem ser da competência da junta de freguesia  e 15 acabaram por ser seleccionados, mais três que em 2015. O orçamento disponível quase que duplicou, dos 40 mil euros de 2015, estão disponíveis 75 mil euros para este ano.

“O objectivo da junta de freguesia é incentivar os cidadãos a serem mais activos”, afirma a presidente de junta, que tem feito um trabalho de divulgação na página de Facebook, no seu site ou na Arroios TV, com um vídeo dedicado a cada proposta. No dia 15 de Setembro serão divulgados os projectos seleccionados.

Margarida Martins avisa que mesmo os que forem menos votados têm oportunidade de serem executados. “Se forem interessantes, a junta pode vir a colocá-los em prática. Nada fica perdido”. ESte ano,  “há mais jovens a participar com projectos, nomeadamente a nível da arte urbana”. A partir de Outubro, os projectos vencedores começam a ser postos em prática.

As propostas são variadas. Há quem proponha a colocação de espaços verdes móveis ou fixos em frente à Polícia Judiciária ou que se construa um novo jardim no gaveto da Rua Antero de Quental à Rua Capitão Renato Baptista. Também de memórias é feito este orçamento participativo, como a sugestão de um concurso de ideias de expressão artística dedicada ao Senhor do Adeus, João Manuel Serra, conhecido por cumprimentar toda a gente que passava na zona do Saldanha. Há até quem defenda a colocação de duas mesas pingue-pongue no Largo do Intendente.

Este é o segundo ano em que a Junta de Freguesia realiza o orçamento participativo. Dos projectos seleccionados no ano passado já foram executados dois: a campanha informativa sobre a praga dos pombos e a street art em Arroios. Quanto aos restantes, estão em processo de execução, como o parque de estacionamento para bicicletas no Largo do Intendente ou a criação de uma nova praceta arborizada na Rua Heróis de Quionga.