bimyers/Pixabay
Foto
bimyers/Pixabay

Vamos apadrinhar uma árvore por três euros?

Iniciativa "Uma Árvore pela Floresta" já possibilitou a plantação de sete mil árvores. O objetivo é contribuir para a reflorestação dos bosques mais afetados pelos incêndios.

Em plena época de incêndios, a Quercus e os CTT lançam esta semana a a terceira edição da campanha “Uma Árvore pela Floresta” pela qual as duas entidades esperam contribuir para a reflorestação dos bosques mais afetados pelo flagelo. Gerês, Tejo Internacional, Serras de Montemuro, Alvão, Marão, Caramulo ou Estrela estão entre as áreas classificadas do Norte e Centro contempladas.

Para participar na campanha, os interessados devem dirigir-se a um dos 320 postos dos CTT aderentes para comprar o kit “Uma Árvore pela Floresta” por três euros. A compra pode ser feita até 30 de Novembro. A Quercus fica responsável pela plantação da árvore até à Primavera de 2017.

As duas campanhas anteriores resultaram na plantação de 6.144 árvores. O objectivo este ano é chegar às 10 mil. Além de reflorestar, o projecto promete privilegiar espécies autóctones mais resistentes à propagação dos incêndios.

PÚBLICO -
Foto

Só no ano passado, a área ardida em Portugal superou os 27 mil hectares de terreno. De acordo com dados da iniciativa, na última década arderam no país, em média, mais de 1.400 quilómetros quadrados de território, todos os anos, o que equivale a três concelhos de dimensão média, como o de Sintra.