Fotografia

O bizarro Japão de Meg Hewitt

Fotogaleria

"Fiquei obcecada pelo Japão depois do grande sismo e tsunami de 2011", confessou ao P3 a fotógrafa australiana Meg Hewitt. A ideia de ir ao Japão não a abandonou até que pisou solo nipónico, em 2012, e desde então voltou repetidamente, fez amigos e fotografou. A série "Tokyo is Yours". é fruto de todas as viagens e de uma característica particular da fotógrafa, a "tendência para atraír situações estranhas e pessoas expressivas". "Acho que todos atraímos pessoas que nos são semelhantes. Sinto atracção por arquétipos, memórias, metáforas, ironia, fantasia e absurdo e sinto 'fome' de sentir as imagens de forma visceral." Hewitt é uma forasteira no Japão - e sempre o será. "Mesmo que vivesse toda a vida no Japão, continuaria a ser estrangeira." Essa exclusão torna esta série uma interpretação interna do Japão e não num estudo retrato do hábitos ou cultura japoneses. O fotolivro do projecto estará disponível em meados de 2017, mas já é possível reservar um exemplar no sítio da fotógrafa.