Cristiano Ronaldo: "Estivemos fora três vezes do Europeu e voltámos a entrar"

Capitão da selecção salientou que o objectivo principal foi alcançado.

Foto
Cristiano ficou satisfeito com a qualificação Robert Pratta/Reuters

No final do encontro contra a Hungria, Cristiano Ronaldo recebeu o prémio de homem do jogo. Mas o mais importante "era ganhar", disse o capitão. "O objectivo foi cumprido porque era passar a fase de grupos", acrescentou.

No jogo em que se tornou o melhor marcador da selecção nacional em fases finais de competições europeias, o número 7 afirmou que "a equipa jogou bem, foi um jogo de loucos, muitos golos, muito calor. Estivemos fora três vezes e voltámos a entrar. Passámos, vamos encontrar uma grande equipa, mas há que ganhar", disse.

Sobre o novo recorde, CR7 disse que “é mais um recorde, mas este tipo de situações acontece de forma natural. É um recorde bonito, mas a prioridade era passar e conseguimos”, concluiu.

Nani

"Cumprimos um dos nossos objectivos que era passar. Claro que não da maneira como queríamos, queríamos ganhar os nossos jogos, mas o mais importante é que passámos e agora a eliminar vai ser diferente", começou por dizer o avançado.

"Fomos infelizes em dois lances em que a bola ressaltou nos nossos jogadores, mas soubemos responder e demonstrámos excelente atitute e bom futebol. Demonstrámos que somos uma equipa forte e, como prometido, marcámos golos. Não conseguimos vencer, mas o mais importante é que passámos e continuamos a sonhar."

Sobre o próximo adversário de Portugal, Nani disse que "a Croácia é uma equipa muito forte, mas nós somos uma equipa que quando joga com equipas fortes joga muito bem. Vamos para esse jogo muito confiantes porque ainda temos muito para demonstrar", concluiu.

Ricardo Quaresma

"Agora sabemos que não há empates. É ganhar. Vamos descansar, vamos preparar bem o jogo e, jogue quem jogue, estamos cá para ganhar."

"Ninguém nos pode apontar nada. Fazemos de tudo para ganhar os jogos e a sorte não tem estado do nosso lado."

"Nunca vi um jogador com uma mentalidade tão forte como a do Ronaldo. Pode cair o mundo em cima dele, que está sempre pronto para tudo. Hoje mais uma vez calou muita gente."

João Mário

"Foi um excelente jogo, muito competitivo. A Hungria apresentou-se bem e tivemos de correr atrás do prejuízo. Já estamos habituados a sofrer e ter que corrigir os aspectos menos positivos."

"Espero uma Croácia forte, com excelentes jogadores, bem organizada. Temos de encarar o jogo com tranquilidade e temos o objectivo de passar."

Renato Sanches

"Foi um bom jogo e estamos preparados para o próximo. Não conseguimos ganhar, mas o que interessa é que estamos apurados para a próxima fase."

"Não nos está a faltar nada, temos jogado bem e falhámos golos. As coisas vão aparecer."

A croácia é um "adversário difícil, mas estamos preparados para o jogo de sábado", concluiu o médio.

Danilo

"Estamos felizes pelo apuramento. Não foi da forma como nós queríamos, mas não há como ficar triste com o apuramento. Já estamos preparados para as críticas, elas já fazem parte do nosso dia-a-dia."

"A Hungria não estava a assumir o jogo e nós decidimos não agredir o adversário", explicou o médio sobre o que aconteceu nos minutos finais da partida, em que a Hungria decidiu segurar a bola nos últimos minutos e Portugal não atacou.