ERC recebe 200 queixas sobre afirmações de taróloga na SIC

Taróloga aconselhou paciência a uma alegada vítima de violência doméstica num programa da estação de Carnaxide.

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) recebeu até esta segunda-feira 200 queixas relativas ao programa A Vida nas Cartas – O Dilema, no qual a taróloga Carla Duarte aconselhou paciência a uma alegada vítima de violência doméstica.

Questionada pela agência Lusa sobre o tema, o regulador dos media adiantou que "a ERC confirma ter recebido, até hoje, cerca de 200 queixas sobre este programa".

Na sexta-feira, 3 de Junho, a SIC condenou "veementemente" qualquer acto de violência e disse não se rever no comentário da taróloga. Nesse mesmo dia, Carla Duarte, durante a emissão da tarde da estação de Carnaxide, pediu desculpa pela forma como as suas "palavras foram entendidas" e assumiu que errou na escolha das mesmas.

A taróloga pediu "desculpa a todos os que se sentiram indignados" e garantiu que iria fazer tudo junto da produção do programa para que "a espectadora em causa seja encaminhada às autoridades" competentes.

"Cometi um erro" e "assumo que não fui o suficientemente ágil na abordagem" da questão, afirmou Carla Duarte, salientando ser "totalmente contra qualquer tipo de violência".