Já há imagens do novo Harry Potter – e da nova Ginny, e do seu filho Albus

Peça de teatro que será o oitavo capítulo da história do feiticeiro com dezenas de milhões de fãs em todo o mundo está prestes a estrear-se. Um Harry Potter adulto e o seu filho são o centro de Harry Potter and the Cursed Child.

Fotogaleria
Harry (Jamie Parker) DR
Fotogaleria
Sam Clemmett como Albus Severus Potter DR
Fotogaleria
Ginny (Poppy Miller) DR
Fotogaleria
A família no centro da intriga DR
Fotogaleria
A capa provisória do novo livro DR

Harry Potter está na casa dos 30 e trabalha num ministério – esta é uma das premissas, aparentemente pouco excitante, da nova peça Harry Potter and the Cursed Child, que devolve ao público o feiticeiro que desde 1997 conquistou centenas de milhões de leitores e, depois, de espectadores com a série de filmes que adapta os sete livros de J.K. Rowling. A peça é o oitavo capítulo da sua história, mas centra-se no filho de Potter e da também ex-aluna de Hogwarts Ginny. Na terça-feira, os produtores da peça, que sobe ao palco já dentro de uma semana em Londres, divulgaram as primeiras imagens do elenco na pele das suas personagens.

É, portanto, a primeira vez que se vêem os novos Harry (Jamie Parker) e Ginny (Poppy Miller) adultos, bem como o actor Sam Clemmett como Albus Severus Potter. No site oficial do "universo Harry Potter", o Pottermore, a autora J.K. Rowling fez os esperados elogios aos novos rostos da sua série – Jamie Parker "simplesmente agora é o Harry", diz sobre o adulto que ocupa o lugar de Daniel Radcliffe, que o interpretou nos sete filmes. "Há uma espécie de alívio ao vê-lo [em personagem], acerta tão bem" na interpretação, completa a autora, que escreveu a peça com o argumentista Jack Thorne e com o encenador John Tiffany.

Harry Potter regressa de fato "porque ele é um homem do Ministério" da Magia, diz o actor Jamie Parker ao Pottermore, garantindo que "ele não é só um tipo num fato, porque isso é demasiado anónimo" – mas é um dos seus três filhos, Albus Severus, que volta a mostrar aos fãs o uniforme do colégio do mundo de Potter. Outro irmão, James Sirius, está também em Hogwarts, mas não se conhecem ainda imagens da sua personagem. Falta ainda conhecer como fica a actriz Noma Dumezweni no papel de Hermione – o facto de ser originária da Swazilândia foi motivo de discussão, por ser retratada por uma actriz negra, com Rowling a lembrar que nunca especificou a cor da pele da sua personagem – e Paul Thornley como Ron Weasley. A peça decorre 19 anos depois do final do último livro, Harry Potter e os Talismãs da Morte.

“Enquanto Harry se debate com um passado que se recusa a ficar onde deveria, o seu filho mais novo, Albus, tem de lutar com o peso de um legado familiar que nunca quis. Passado e presente fundem-se sinistramente e tanto o pai quanto o filho descobrem a verdade desconfortável de que, às vezes, as trevas vêm de sítios inesperados”, diz a sinopse de Harry Potter and the Cursed Child, que se estreia oficialmente dia 30 de Junho no Palace Theater em Londres e que só será lançada em livro (em língua inglesa) em versão impressa e em ebook à meia-noite de 31 de Julho, dia do aniversário do fictício feiticeiro.

A peça tem duas partes que estarão em exibição em simultâneo no West End londrino, com uma sessão na matiné e outra à noite. As antevisões começam na próxima semana, com algumas datas já esgotadas, e tiveram uma venda de bilhetes especial. Esta semana, a produção vai divulgar mais imagens da peça.