Markus Spiske/Unsplash
Foto
Markus Spiske/Unsplash

"Start-up Voucher": apoio do Governo disponível em breve

Medida do projecto "Start-up Portugal" inclui um apoio de cerca de 700 euros por mês, durante um ano, para que o empreendedor desenvolva a sua ideia

O secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, anunciou esta terça-feira, 26 de Abril, em Proença-a-Nova, que o "start-up voucher" — um apoio financeiro mensal destinado a empreendedores — vai estar disponível nos próximos meses. Esta medida surge no âmbito da "Start-up Portugal", a estratégia nacional para o empreendedorismo, que tem como objectivo estender a dinâmica empreendedora a todo o país.

"Vão ser avaliadas as ideias de negócio e pela sua validade o empreendedor pode auferir deste apoio de cerca de 700 euros por mês, durante um ano", afirmou João Vasconcelos. O "start-up voucher" está a ser elaborado, conjuntamente com outras medidas, com fundos do Portugal 2020. O secretário de Estado da Indústria deixou a garantia de que nos próximos meses vão abrir as candidaturas para esta medida.

O governante, que iniciou em Proença-a-Nova uma visita por vários municípios do distrito de Castelo Branco, considerou a autarquia local como "um bom exemplo" daquilo que uma câmara pode fazer pela criação de emprego e de riqueza. Após visitar a Inova Startup Proença, situada no Parque Empresarial de Proença-a-Nova (PEPA), João Vasconcelos esteve na empresa portuguesa de "software" Outsystems, onde trabalham actualmente 50 engenheiros informáticos.

"O resto do país devia saber o que está a acontecer aqui [unidade da Outsystems de Proença-a-Nova]. Devia saber que estão 52 engenheiros informáticos no ex-edifício da câmara a trabalhar para o resto do mundo", afirmou. João Vasconcelos adiantou ainda que a Outsystems é um dos "melhores exemplos" que Portugal tem em relação à nova economia.

Ricardo Araújo, da Outsystems, explicou que a empresa contratou seis novos engenheiros informático em Janeiro e que, para Junho, vai admitir mais 16. Segundo o responsável, a tecnológica está a desenvolver uma solução de gestão hospitalar para o Kuwait, que ocupa uma "grande fatia" dos engenheiros em Proença-a-Nova. Já o presidente da autarquia local, João Lobo, adiantou que, a partir de Julho, a Outsystems vai mudar-se para novas instalações, fruto do crescimento da empresa que, até ao final de 2017, espera chegar aos 100 trabalhadores. O "software" desenvolvido em Proença-a-Nova é distribuído para os Estados Unidos, Holanda, Bélgica, Kuwait, África do Sul, Austrália e Dubai, e serve diferentes áreas de negócio, desde a energia, saúde (hospitais, farmacêuticas e laboratórios) a empresas de tecnologia.

Sugerir correcção