“É uma vitória justa. Esta é a alma benfiquista”, diz Rui Vitória

Declarações à SportTV no final do Sporting-Benfica.

Foto
Francisco Leong/AFP

Rui Vitória, treinador do Benfica: “Defrontaram-se duas boas equipas. Vínhamos com o propósito de ganhar o jogo. Na primeira parte entrámos muito bem, sabíamos que era importante entrar forte para estarmos mais tranquilos. Depois o Sporting acabou por reagir, como grande equipa que é. É uma vitória justa, esta é a alma benfiquista. Estamos muito contentes. Faltam nove finais.”

“Júlio César tem uma lesão que se pode prolongar no tempo, não sei em concreto quanto. Quem entra dá conta do recado e o Ederson é um belíssimo guarda-redes. Por aí não tivemos nenhum problema.”

“Ficamos na frente, mas sempre dissemos que havia três candidatos e o campeonato vai ser disputado até ao fim. Temos ainda muitos pontos para conquistar. Foi um passo importante, uma vitória contra uma belíssima equipa, mas nada mais do que isso.”

“O sabor que tenho é o de representar este clube, nada mais me move. O importante é que o Benfica ganhe. Três boas equipas, vitória justa da nossa parte e até ao final cá estamos.”

Gaitán: “Foi um jogo bem disputado pelas duas equipas. O espectáculo não foi muito bom, mas os clássicos muitas vezes são assim. O Benfica fez uma demonstração de carácter. Vínhamos em desvantagem e agora estamos no topo da classificação.”

“O Benfica tem sofrido muitas lesões, não esperávamos o que aconteceu com o Júlio César. Mas temos uma grande equipa e o Ederson mostrou que está à altura das circunstâncias.”

“O campeonato ainda não está decidido. Como não estaria se perdêssemos hoje. Todos ainda podem perder pontos. Está a ser um campeonato mais equilibrado.”

“O jogo contra o Zenit vai ser difícil. Vamos com uma vantagem mínima mas queremos fazer o nosso melhor para chegar à próxima fase.”

Sugerir correcção