Fotografia

Ucrânia: uma guerra que definirá uma geração

Fotogaleria

A série de fotografias "Static" do fotojornalista irlandês Ross McDonnell não pretende representar uma linha de tempo do conflicto na Urcrânia, pretende sim retratar uma transformação em curso: "Jovens homens e mulheres civis que se transformam em soldados", "paisagem suburbana e industrial que se transforma em base militar". "As fotografias — a mulher-soldado, loira e bonita, o infantário atingido por morteiros, uma fábrica que explodiu, um esqueleto de um edifício na paisagem nevada, um 'snipper' num sótão — podem ser vistas como elementos-chave da narrativa que condicionará o futuro da Ucrânia", descreve o fotógrafo. "Nos retratos vemos esta transformação a acontecer diante dos nossos olhos. Estes são os rostos de jovens recrutas — eles são, na verdade, voluntários— e não de experientes, cansados e envelhecidos soldados. Nestas forotgrafias observamos aqueles que fazem parte de uma guerra que os definirá — assim como à sua geração. Ganhando ou perdendo, serão toldados pela experiência, tomaram a liberdade de decidir lutar e, ao fazê-lo, decidiram escrever um novo capítulo na história da região." O fotógrafo Ross McDonnell publica trabalho fotográfico regularmente na Time, MSNBC e no Sunday Times Magazine. Ana Maia

 

O trabalho de Ross McDonnell estará em exposição no Sintra Press Photo, no Museu das Artes de Sintra [MU.SA], a partir das 17h do dia 10 de Outubro. Os fotógrafos irão partilhar com o público, no dia da inauguração, as suas impressões sobre a profissão de repórter de guerra à luz da sua experiência profissional. A conversa será moderada pelo jornalista Ricardo Alexandre, responsável pelo programa “Visão Global” da Antena 1. Durante as próximas semanas, o P3 apresentará o trabalho dos autores que fazem parte da 1.ª edição do Sintra Press Photo, evento dedicado ao fotojornalismo de guerra, dedicado do tema "Conflito". O evento é promovido pela União das Freguesias de Sintra e a Reflexo — Associação Cultural e Teatral.