Dieter Nagl/AFP
Foto
Dieter Nagl/AFP

Nos semáforos para peões de Viena os bonecos agora são gay

A duas semanas do Festival da Eurovisão, a cidade austríaca manifesta o seu apoio aos casais homossexuais

Nos últimos dias, alguns dos semáforos para peões em Viena entraram em modo “gay-friendly” e em vez de mostrarem o boneco, parado ou a andar, quando o sinal fica vermelho ou verde, exibem agora casais gay ou lésbicos, de mãos dadas ou abraçados, com corações. A iniciativa faz parte de uma campanha para mostrar que a capital austríaca é aberta à causa homossexual e arranca em vésperas de mais uma edição do Festival da Eurovisão, que este ano decorre em Viena.

A Áustria é o país natal de Conchita Wurst, o travesti que venceu a edição do Festival da Eurovisão no ano passado, em Copenhaga, na Dinamarca, com o tema Rise like a phoenix. Conchita Wurst ficou conhecido mundialmente não só por ter ganho o festival mas também por se ter apresentado de vestido comprido, cabelos longos, maquilhagem e uma barba. A sua vitória veio dar força à tolerância que a organização da edição de 2014 declarou como tema principal do evento.

Dias antes do festival do ano passado, foram colocadas várias bandeiras arco-íris, símbolo do orgulho gay, nas ruas de Copenhaga. A Áustria decidiu seguir o mesmo caminho e nos últimos dias alguns dos semáforos de Viena foram programados para mostrarem bonecos a representar casais gay.

PÚBLICO -
Foto
Dieter Nagl/AFP

A ideia é mostrar que Viena é uma cidade com mente aberta e defensora dos direitos dos homossexuais mas também, de uma forma indirecta, obrigar os condutores e peões a estarem mais atentos à sinalização e, assim, melhorar a segurança rodoviária.

PÚBLICO -
Foto
Dieter Nagl/AFP

A 60.ª edição do Festival da Eurovisão decorre a 19 e 21 de Maio, dias de semifinais, e a 23, o dia da final, com a participação de dezenas de países, numa lista que este ano inclui pela primeira vez a Austrália.