Heroinómanas que por momentos podem sonhar

Fotogaleria

Miu Miu, Louis Vuitton, Alexander Wang... Para a série "Downtown Divas", Loral Amir e Gigi Ben Artzi tiraram da rua prostitutas russas heroinómanas, vestiram-nas com roupas de marca e entrevistaram-nas num estúdio, retirando-as do contexto do seu dia a dia. O nome da cidade — e da ponte onde foram encontradas — não foi revelado para protecção das mulheres, que trabalham numa zona controlada por tráfico de drogas e de mulheres. Amir e Artzi ganharam a confiança das suas modelos, que, já nos estúdio dos artistas, revelaram parte das suas histórias e das suas ambições. Nas pequenas conversas, os entrevistadores procuram não abordar directamente os temas de drogas e dependência. A série "Downtown Divas" procura estabelecer também uma relação entre estas mulheres e as modelos de alta costura, sempre muito preocupada com a fantasia e que aqui funciona como um pretexto para o mundo real, muitas vezes ignorado e negligenciado. "Downtown Divas" é uma espécie de pausa que permitiu a estas mulheres sonhar.

Sugerir correcção