O campeonato “clandestino” continua a meia-luz

Fotogaleria

Mais um fim-de-semana, mais uma jornada do campeonato nacional de Sub-23 com percalços q.b.. Numa prova onde três clubes (CDUP, CDUL e Direito) competem e os restantes sobrevivem, a ronda deste fim-de-semana ficou marcada pelo adiamento à última da hora do Académica-CDUL e pela ausência de árbitro no Agronomia-CDUP (o encontro foi apitado por Rodrigo Figueiredo, jogador da equipa sénior dos “universitários”). Para além dessa partida na Tapada, que a formação do Porto venceu por 26-7, houve apenas mais um desafio: Cascais-Sporting. A equipa da casa acabou por triunfar por 44-7, mas ainda apanhou um susto perante a boa réplica dos “leões”, que ao intervalo perdiam por apenas oito pontos (7-15). Classificação: 1.º - CDUP, 16 pontos (5 jogos); 2.º - CDUL, 14 pontos (3 jogos); 3.º - Direito, 14 pontos (3 jogos); 4.º - Cascais, 9 pontos (3 jogos); 5.º -Agronomia, 9 pontos (4 jogos); 6.º -Académica, 0 pontos (1 jogo); 7.º - Belenenses, 0 pontos (3 jogos); 8.º - Sporting, 0 pontos (4 jogos).

Sugerir correcção