O Shark Tank português já está a receber candidaturas

Edição portuguesa do programa norte-americano começa em 2015. O Shark Tank está à procura de candidatos com ideias inovadoras e novos negócios. As candidaturas já estão a decorrer e o número é limitado

Foto

"Se tem uma fantástica ideia (patenteada ou patenteável), se tem uma empresa que está a dar os primeiros passos e precisa de capital para expandir rapidamente, se tem um negócio ou um produto lucrativo que possa beneficiar do apoio financeiro e do know how dos 'Tubarões'", então esta pode ser uma boa oportunidade, garantem os produtores de “Shark Tank”.

Chama-se "Shark Tank", ou "Lago dos Tubarões", numa tradução livre, e é um programa de origem norte-americana que pretende ajudar "empreendedores que saibam fazer “um 'pitch' sobre os seus revolucionários conceitos de negócio, que deve ter "características excepcionais".

Vai começar em Portugal, na SIC, já em Janeiro de 2015, com cinco "self made men", os chamados "tubarões", "com capacidade de investimento", que podem arriscar e fornecer o financiamento, mas também contactos, experiência e ajuda, necessários ao desenvolvimento do seu negócio. Os nomes dos cinco "tubarões" ainda não são conhecidos.

Para isso, basta candidatar-se online, preenchendo um formulário e carregando um vídeo de cinco minutos, no máximo, em formato "Elevator Pitch". A produção, devido à adesão em massa, apenas garante que sejam analisadas as primeiras 750 candidaturas.

"Se for seleccionado para a fase seguinte é importantíssimo conhecer bem os números do seu negócio", afirma a produção. "Vendas passadas e futuras, despesas, dívida bancária, custos de fabrico, margens brutas e EBITDA (resultado antes de amortizações, juros e impostos) são indispensáveis".

O programa estreou nas televisões norte-americanas em 2009 e é transmitido em Portugal, na SIC Radical, desde 2013. Com cinco temporadas e sucesso mundial reconhecido, arrecadou, em 2014, o Emmy para "Outstanding Structured Reality Program".