Albânia continua a brilhar e impõe empate à Dinamarca

Arménia e Sérvia dividem pontos e deixam Portugal sozinho no último lugar do Grupo I. Campeã mundial Alemanha foi derrotada pela Polónia, por 2-0.

Ermir Lenjani festeja o golo da Albânia.
Foto
Ermir Lenjani festeja o golo da Albânia. Gent Shkullaku/AFP

Depois de ter escandalizado Portugal ao derrotar a selecção nacional, por 1-0, a Albânia (42.ª classificada do ranking da UEFA) continua a surpreender no Grupo I, de qualificação para o Euro 2016, e empatou este sábado, em casa, com a Dinamarca a uma bola. Os nórdicos, que recebem os portugueses na próxima terça-feira, estiveram a perder desde o minuto 38’ (golo de Lenjani), e só a nove minutos do final lograram empatar o encontro (por Vibe). As duas selecções repartem a liderança da tabela com quatro pontos.

Ainda no Grupo I, a Arménia e a Sérvia também protagonizaram um empate, por 1-1. A jogar em casa, os arménios adiantaram-se no marcador, aos 73’, com um golo de cabeça de Robert Arzumanyan, e estiveram muito perto de ampliar a vantagem instantes depois, na cobrança de uma grande penalidade. Valeu o ex-guarda-redes sérvio dos Sporting, Stojkovic, que defendeu o castigo máximo e parou ainda a recarga, mantendo a sua equipa na discussão do resultado.

Já nos instantes finais, a Sérvia chegou à igualdade, com um remate à entrada da área de Zoran Tosic. A Arménia acabou por somar o primeiro ponto nesta qualificação, após duas partidas - perdera o encontro inaugural na Dinamarca (2-1) - tal como a Sérvia que se estreou neste agrupamento. Este resultado deixou Portugal sozinho no último lugar do agrupamento.

Na Polónia, a campeã mundial Alemanha foi drasticamente derrotada, por 2-0, confirmando-se o pressentimento sentido na véspera pelo seleccionador germânico Joachim Low. “Quando entrei no avião que nos levava à capital polaca tive a impressão de que não teríamos um jogo fácil pela frente”, confessara o técnico que ergueu o troféu no Brasil. Assim foi. A equipa da casa inaugurou o marcador aos 51’, por Arkadiusz Milik, com Sebastian Mila a confirmar o triunfo a dois minutos dos 90’.

Com este resultado a Polónia manteve a liderança do Grupo D, em igualdade pontual com a Irlanda, que goleou este sábado a frágil selecção de Gibraltar, por 7-0.