Português sagra-se vice-campeão mundial em pistola de percussão

Carlos Cunha contribuiu também para o segundo lugar da selecção portuguesa na competição.

O tiro português voltou a obter bons resultados internacionais
Foto
O tiro português voltou a obter bons resultados internacionais Miguel Madeira

O português Carlos Cunha sagrou-se na quinta-feira vice-campeão do mundo em pistola de percussão, nos Mundiais de tiro com armas de antecarga, que decorrem em Granada, em Espanha.

Segundo a nota da Federação Portuguesa de Tiro enviada nesta sexta-feira, o português somou 98 pontos, menos um do que o novo campeão mundial, o espanhol Juan Verastegui. O terceiro lugar do pódio foi ocupado pelo checo Ivan Kalina, com 97 pontos.

Por equipas, Portugal terminou no segundo lugar, com 285 pontos, a um da selecção vencedora, a Alemanha.