Imagine Dragons: não só no topo, mas no mundo inteiro

Fotogaleria

Ficaram conhecidos por subir ao topo do mundo. Em 2012, com o álbum “Night Visions” e o single “It’s Time”, alcançaram o topo dos tops, e desde então não saíram dos palcos internacionais. Regressam agora pela segunda vez a Portugal, depois de esgotarem o Coliseu dos Recreios a 11 de Junho. Um mês depois, são destaque no palco NOS do Optimus Alive. A banda que, segundo o vocalista Dan Reynolds, “não existiria sem Las Vegas”, acabou por conquistar o mundo com um álbum só. No Instagram (@imaginedragons), onde os seguidores ultrapassam o meio milhão, não falta nada: sestas, banhos, luzes e multidões de braços no ar. Começaram por casinos em (lá está) Las Vegas, passaram por banda sonora de jogos de futebol e há bem pouco tempo já estavam a fazer discursos de vitória nos Grammys. De concertos “radioactivos”, a letras por onde espreitam “demónios”, Dan Reynolds, Daniel Platzman, Wayne Sermon e Ben McKee podiam ser protagonistas de um moderno "bestseller": A Volta ao Mundo em Concertos.

Sugerir correcção