INEB

Sardinha e engenharia biomédica? Tudo a ver

Monitorização fetal explicada numa sardinha
Fotogaleria
Monitorização fetal explicada numa sardinha

Podemos pensar que sardinhas e engenharia biomédica são dois temas que em nada se relacionam. Ou antes, podíamos, antes de ver estas imagens. A comemorar 25 anos, o INEB mostra-nos a sardinha como nunca antes a vimos. O Instituto de Engenharia Biomédica da Universidade do Porto seleccionou 25 projectos das várias áreas a que se tem dedicado neste quarto de século e desafiou os seus investigadores a explicá-los... com uma sardinha. Um "símbolo" desta época do ano, mas também do próprio país, como explica a instituição em comunicado. Da bioimagem à regeneração de tecidos, da nanomedicina à simulação médica, ei-la para todos os gostos na exposição "A Engenharia Biomédica num Quarteirão de Histórias", parente no Mercado do Bom Sucesso, no Porto, de 16 a 30 de Junho. Segunda-feira, na noite de inauguração, a partir das 21h, os próprios investigadores vão explicar estas e outras histórias. Está ainda a decorrer um ciclo de debates públicos na Fundação Manuel António da Mota. A programação completa da comemoração do 25.º aniversário do INEB está disponível aqui.

 

Próteses metálicas explicadas numa sardinha
Revestimentos cerâmicos de próteses explicados numa sardinha
Microesferas para combater infecção gástrica explicadas numa sardinha
Terapias celulares explicadas numa sardinha
Materiais para contacto com sangue explicados numa sardinha
Biocompósitos e nanocerâmicos explicados numa sardinha…
Simulador de partos explicado numa sardinha…
Biovidros para regeneração óssea explicados numa sardinha
Regulação óssea pelo sistema nervoso explicada numa sardinha
Eléctrodos para electroencefalografia explicados numa sardinha
Células estaminais para regeneração cardíaca explicadas numa sardinha
Tubos para guiar regeneração do sistema nervoso explicados numa sardinha
Detecção automática de doenças explicada numa sardinha
Superfícies micro-estruturadas explicadas numa sardinha
Nanopartículas para terapia génica explicadas numa sardinha
Suportes 3D para engenharia de tecidos explicados numa sardinha
Superfícies auto-estruturadas explicadas numa sardinha
Biomateriais injectáveis para preenchimento ósseo explicados numa sardinha
Placas instrumentadas para fixação de fracturas explicadas numa sardinha