Portugal nunca tinha perdido por mais de dois golos em fases finais

Foto
Portugal caiu frente à Alemanha Darren Staples/Reuters

A selecção portuguesa de futebol sofreu nesta segunda-feira a maior derrota da sua história em fases finais de grandes competições, ao ser goleada pela Alemanha por 4-0, na estreia no Mundial 2014, em Salvador, no Brasil.

Em 51 encontros, entre Mundiais (23) e Europeus (28), Portugal nunca tinha perdido por mais do que dois golos de diferença, sendo que isso só acontecera três vezes e duas delas em jogos para “cumprir calendário”.

O único “verdadeiro” desaire por dois golos acontecera no terceiro encontro da fase de grupos do Mundial de 1986, frente a Marrocos, que venceu por 3-1 e esteve a vencer por 3-0, afastando Portugal da competição.

Os outros dois desaires, ambos frente a seleções anfitriãs, aconteceram no jogo de atribuição do terceiro posto do Mundial de 2006, também com a Alemanha (1-3), e no embate da terceira jornada da fase de grupos do Euro 2008, com a equipa lusa já apurada, face à Suíça (0-2).

Portugal sofreu, assim, ao 52.º embate em fases finais, aquela que é, por grande margem, a sua mais pesada derrota de sempre, num embate que já estava perdido ao intervalo, com os alemães a vencer por 3-0 e a jogar com mais uma unidade.

Thomas Müller, o melhor marcador do último Mundial, com cinco golos – em igualdade com o espanhol David Villa, o holandês Wesley Sneijder e o uruguaio Diego Forlan -, foi o “carrasco” da equipa lusa, ao acertar três vezes na baliza de Riu Patrício.

O germânico "selou" o primeiro “hat-trick” do Mundial 2014, com golos aos 12 minutos, de penálti, aos 45+1 e aos 78, passando a somar oito em Mundiais. O seu compatriota Miroslav Klose, que conta 14, a um do líder Ronaldo, não saiu do banco.

O central Mats Hummels apontou, aos 32 minutos, o outro golo da “Mannschaft”, que, assim, festejou com estilo o seu 100.º jogo em fases finais. Os tricampeões mundiais (1954, 1974 e 1990) foram a primeira seleção a atingir esta marca.

As derrotas portuguesas em fases finais

Mundiais
1966
1-2 Inglaterra (Meias-finais)

1986
0-1 Polónia (Fase de grupos)
1-3 Marrocos (
Fase de grupos)

2002
2-3 Estados Unidos (Fase de grupos)
0-1 Coreia do Sul (
Fase de grupos)

2006
0-1 França (Meias-finais)
1-3 Alemanha (3/4ª lugares)

2010
0-1 Espanha (Quartos-de-fina)

2014
0-4 Alemanha (Fase de grupos)

Europeus

1984
2-3 França (Meias-finais)

1996
0-1 República Checa (Quartos-de-fina)

2000
1-2ap França (Meias-finais)

2004
1-2 Grécia (Fase de grupos)
0-1 Grécia (Final)

2008
0-2 Suíça (Fase de grupos)
2-3 Alemanha (Quartos-de-final)

2012
0-1 Alemanha (Fase de grupos)