Luisão revoltado por não ter havido festa no Marquês: "Alguém do marketing falhou"

Capitão do Benfica explicou aos adeptos que decisão de não ter ido ao Marquês do Pombal não foi dos jogadores. "Ninguém pensou na festa".

Luisão, capitão da equipa de futebol do Benfica, criticou o facto de os jogadores não terem festejado a conquista da Taça de Portugal com os seus adeptos no Marquês de Pombal.

“Isto é o Benfica! Isto é o Benfica! É uma pena, queríamos estar com os adeptos. Nós fizemos a nossa parte, corremos e ganhámos três títulos. Alguém falhou. Não foram os jogadores nem os adeptos. Ninguém pensou na festa”, declarou Luisão, no domingo à noite, enquanto esperava que os adeptos “encarnados” permitissem que os jogadores descessem do autocarro no Estádio da Luz. "Alguém do marketing falhou."

O autocarro dos jogadores chegou ao Estádio da Luz, um pouco antes das dez da noite, não podendo avançar mais, devido ao aglomerado de adeptos que estavam no estádio para receber os jogadores e festejarem o “triplete” que a equipa conquistou (campeonato, Taça da Liga e Taça de Portugal). 

Luisão – que ganhou o prémio fair-play no final do encontro frente ao Rio Ave - ainda chegou a falar com os adeptos através de um megafone, pedindo que se afastassem, para o autocarro poder seguir o seu caminho. Também o guarda-redes Artur pediu aos adeptos que dessem espaço para que os jogadores pudessem também festejar a vitória na rua, mas sem sucesso.

Muitos foram os adeptos do Benfica que se deslocaram até ao Marquês para celebrarem a conquista da Taça de Portugal, e quando souberam que a equipa dos “encarnados” iria directamente para o Estádio da Luz, foram lá receber a equipa.

De acordo com um comunicado no site oficial do Benfica, no passado domingo, a comitiva “encarnada” não iria participar em mais nenhum festejo, estando reservados para a recepção nos Paços de Concelho da Câmara Municipal de Lisboa, às 18h30 desta segunda-feira.

Editado por Hugo Daniel Sousa