O “‘10’ perfeito” admite jogar mais uma época

Aos 34 anos, Jonny Wilkinson deixou em aberto a possibilidade de renovar por mais um ano com o Toulon

Jonny Wilkinson, um dos melhores médios-aberturas da história do râguebi, admitiu nesta quinta-feira, em entrevista ao jornal francês L’Equipe, que pode jogar mais uma época pelo Toulon.

A retirada do jogador inglês, de 34 anos, no final desta temporada, chegou a ser dada como certa, mas Wilkinson não fechou a porta à renovação por mais um ano com o actual campeão europeu: “Se sentir que posso trazer algo mais ao clube e se quiserem que eu continue...”

Apesar de o Toulon já ter garantido a contratação do galês Leigh Halfpenny para a próxima época e de contar com o médio-abertura australiano Matt Giteau no seu plantel, Wilkinson continua a ser idolatrado pelos adeptos do clube francês. “Sou surpreendido todos os dias com apoio que recebo dos adeptos”, confessou o inglês que esta época marcou 175 pontos nas 17 jornadas já disputadas no Top 14.

PÚBLICO -
Foto
Reuters

“A resposta [a uma possível retirada] é sempre a mesma. Eu jogo, eu jogo, eu jogo... Não posso pedir a toda a gente que esperem por mim, não seria correcto. Continuarei a fazer o meu trabalho durante os treinos e os jogos. Tomarei uma decisão no final da época”, esclareceu Wilkinson.

Considerado por muitos o “’10’ perfeito”, o jogador inglês decidiu retirar-se da selecção de Inglaterra após o Mundial 2011, após disputar 91 partidas com a camisola do seu país e marcar 1179 pontos. Wilkinson alinhou ainda em seis ocasiões pelos British & Irish Lions, onde obteve mais 67 pontos.

O médio-abertura foi o herói inglês no Mundial 2003, onde foi o melhor marcador do torneio e marcou um fantástico pontapé de ressalto a menos de 30 segundos de terminar o prolongamento da final contra os australianos, que desempatou a partida e garantiu à Inglaterra a conquista do Campeonato do Mundo.

Sugerir correcção