Martin Seras Lima/IRB
Foto
Martin Seras Lima/IRB

Râguebi: Portugal com missão difícil em Las Vegas

Samoa, Inglaterra e Uruguai serão os adversários da selecção nacional na quarta etapa do Circuito Mundial de sevens

Depois de uma estreia medíocre (Austrália) e de duas boas prestações (Dubai e África do Sul) nas primeiras etapas do Circuito Mundial de sevens 2013-14, Portugal terá a partir da madrugada deste sábado uma missão muito complicada nos Estados Unidos.

À imagem do que aconteceu na época passada, a selecção nacional terá que disputar as etapas norte-americanas e neozelandesas sem os jogadores que alinham pela equipa de XV e, dessa forma, reduzem-se as hipóteses de Portugal alcançar bons resultados em Las Vegas e Wellington.

Recorde-se que há um ano, nestas duas etapas, a selecção nacional não conseguiu evitar o último lugar. Sem Pedro Leal, Carl Murray, Pedro Bettencourt, Miguel Lucas e Frederico Oliveira, o seleccionador Pedro Netto contará com uma equipa repleta de juventude mas no jogo de estreia Portugal tem a obrigação de vencer.

PÚBLICO -
Foto

No Sam Boyd Stadium, em Las Vegas, a selecção nacional começará por defrontar o Uruguai, a única das 16 selecções presentes que não tem o estatuto de equipa residente, e mesmo desfalcada a equipa portuguesa é favorita. Nos dois jogos seguintes, o nível de exigência será outro.

PÚBLICO -
Foto

Ainda na madrugada deste sábado Portugal vai defrontar a Inglaterra, actual quarta classificada no "ranking" da prova, e a fase de grupos terminará com um confronto, na noite de sábado, frente a Samoa, que concluiu a última etapa do Circuito Mundial no terceiro lugar.

PÚBLICO -
Foto

Grupo A: África do Sul, Quénia, País de Gales e Canadá

Grupo B: Nova Zelândia, Ilhas Fiji, Austrália e Escócia

Grupo C: Samoa, Portugal, Inglaterra e Uruguai

Grupo D: Argentina, França, Estados Unidos e Espanha

Sugerir correcção