Costinha já não é treinador do Paços de Ferreira

Série de maus resultados ditou saída do treinador contratado no início da época.

Costinha somou hoje a sexta derrota em oito jogos para o campeonato
Foto
Costinha somou hoje a sexta derrota em oito jogos para o campeonato AFP/Francisco Leong

Costinha deixou nesta segunda-feira de ser o treinador do Paços de Ferreira, após a derrota em casa com o Vitória de Guimarães, por 3-1, em jogo da 8.ª jornada da I Liga de futebol.

Na conferência de imprensa após o encontro, o antigo internacional português anunciou a sua saída do cargo, depois de ter posto o lugar à disposição da direcção do clube, na sequência da sexta derrota no campeonato, que mantém a equipa no último lugar.

O treinador surgiu na sala de imprensa acompanhado pelo presidente do clube, Carlos Barbosa, que lamentou a saída de Costinha devido aos maus resultados acumulados.

Costinha foi contratado esta época para substituir Paulo Fonseca, actual treinador do FC Porto, que tinha conduzido o clube na época passada ao 3.º lugar, a melhor classificação de sempre do Paços de Ferreira.

O técnico despede-se com um saldo de uma vitória, um empate e seis derrotas no campeonato. Depois de ter perdido os dois jogos do play-off da Liga dos Campeões com o Zenit, o Paços somou apenas um empate e sofreu duas derrotas no Grupo E da Liga Europa.

Sugerir correcção