Samsung e LG vão vender telemóveis com ecrã curvo

As duas fabricantes sul-coreanas não adiantaram pormenores. Um dos modelos chega ao mercado ainda em Outubro.

Foto
A Samsung já mostrara um protótipo em Janeiro Bazuki Muhammad/Reuters

Vários telemóveis têm vidros curvos, embora o ecrã seja plano. Um ecrã curvo significa que a imagem do ecrã será também visível nas partes curvas, o que abre caminho para novos formatos de aparelho e experiências de utilização diferentes das actuais. Já muitas empresas tentaram fabricar aparelhos, nomeadamente leitores electrónicos, com ecrãs curvos e dobráveis, embora nenhuma tenha chegado com sucesso ao mercado de consumo.

As duas fabricantes, ambas sul-coreanas, adiantaram poucos pormenores sobre os respectivos planos.

Em Janeiro, a Samsung mostrara um protótipo de um telemóvel com um ecrã curvo numa das zonas laterais do telemóvel. Esta zona era usada para algumas funcionalidades, como as notificações. Não há indicações por parte da empresa de que o modelo prestes a ser comercializado seja semelhante ao protótipo.

Já a LG afirmou nesta segunda-feira que está a fabricar em massa um ecrã de seis polegadas, com uma curvatura côncava entre a parte de cima e a de baixo. O ecrã, com tecnologia OLED, é feito de plástico e não de vidro. De acordo com a empresa, é dobrável e inquebrável. Tem 0,44 milímetros de espessura e pesa 7,2 gramas.

A Samsung tornou-se nos anos recentes um gigante do sector e, sozinha, é responsável por 73% das vendas de aparelhos com Android, plataforma que, por sua vez, tem mais de 79% do mercado. Entre os fabricantes de equipamentos com Android, de acordo com dados da analista IDC, a LG é uma distante segunda classificada, com 12%, embora tenha registado um crescimento anual de 108%, superior à rival (53%) e ao sector, que cresceu 74%.