City arrasou no derby de Manchester

Formação orientada por Manuel Pellegrini goleia United por 4-0. Nani não saiu do banco.

Aguero marcou dois dos quatro golos do City
Foto
Aguero marcou dois dos quatro golos do City Andrew Yates/AFP

David Moyes até tinha um bom registo contra o Manchester City enquanto treinador do Everton, com nove vitórias nos últimos 12 jogos, mas saiu-se bastante mal no seu primeiro derby no banco do United, sofrendo uma copiosa derrota por 4-1 em jogo da quinta jornada da Premier League inglesa.

No Etihad, os citizens não deram quaisquer hipóteses e mostraram argumentos muito superiores aos do seu rival da cidade. Kun Aguero esteve em particular destaque, ao marcar dois dos golos da formação orientada por Manuel Pellegrini, com Yaya Touré e Nasri a marcarem os restantes golos.

O solitário golo do United aconteceu quando a vitória do City já estava mais que garantida. Wayne Rooney colocou os "red devils", que não tinham Robin van Persie (lesionado) no marcador aos 87', num jogo em que o português Nani não saiu do banco. Moyes, aliás, só fez uma substituição durante todo o jogo, com a entrada de um médio, Tom Cleverley, para o lugar de um extremo, Ashley Young. No banco, para além de Nani, ficaram jogadores como Chicharito Hernandéz ou Shinji Kagawa.

Este está a ser um difícil início de carreira de Moyes no United, ele que foi o escolhido para substituir no cargo Alex Ferguson, que conquistou inúmeros títulos nos 27 anos que passou em Old Trafford. Sob a gestão do escocês, o United apenas conseguiu duas vitórias e um empate em cinco jogos, sendo esta a segunda derrota da época, depois do desaire em Anfield com o Liverpool.

Sugerir correcção