Paulo Fonseca cauteloso: "O Estoril continua forte"

O FC Porto desloca-se à Amoreira no domingo, com Defour de regresso ao "onze" inicial.

O treinador Paulo Fonseca considerou esta sexta-feira o Estoril Praia uma “equipa fortíssima”, apesar das saídas de Licá e de Carlos Eduardo, pelo que o FC Porto conta com um jogo “difícil” na 5.ª jornada da Liga, no domingo.

Paulo Fonseca, que falava na habitual conferência de imprensa de antevisão do jogo, no Olival, considerou que o Estoril é uma equipa que vale pelo seu todo, tem jogadores na frente muito rápidos, com valor individual, e é forte nas transições.

“O estilo, em termos de ideia de jogo, é semelhante ao da época passada. O Estoril continua forte, como o demonstrou na quinta-feira com o Sevilha, para a Liga Europa [1-2], e como o tem demonstrado neste início de campeonato”, reconheceu o treinador portista.

Paulo Fonseca espera, por isso, um jogo de “grau de dificuldade elevado” na deslocação do líder FC Porto ao “sempre difícil” recinto do europeu Estoril, que segue na quarta posição da I Liga, com menos cinco pontos do que os “dragões”.

“Vencer é o nosso principal objectivo. Vamos tentar surpreender o Estoril com as nossas armas e aliar um bom jogo ao triunfo”, defendeu Paulo Fonseca, reconhecendo que as exibições do FC Porto fora de casa estão ainda longe do pretendido.

O treinador reiterou que quer vencer e dar um bom espectáculo. “Às vezes ganho e não vou satisfeito, mas outras vezes não ganho e vou satisfeito. Nós, treinadores, temos a obrigação de não só vencer, mas também proporcionar um bom espectáculo”.

Paulo Fonseca reconheceu que, “fora de casa, o FC Porto ainda não realizou uma exibição que tenha sido consistente e ao melhor nível”, mas adiantou que os jogos também não têm sido fáceis, como o ainda recente triunfo na visita ao Áustria de Viena (1-0), na jornada inaugural da Liga dos Campeões.

“Os jogos fora de casa podiam ter corrido de outra maneira, mas acredito que existe muito espaço e tempo para a equipa evoluir nesse sentido”, referiu Paulo Fonseca.

O técnico garantiu o regresso de Steven Defour ao “onze” e adiantou, sem especificar mais pormenores, que irá apresentar “a melhor equipa possível”, tendo já em conta o jogo da próxima sexta-feira com o Vitória de Guimarães, da sexta jornada do campeonato.

 
 

Sugerir correcção