João Sousa e Gastão Elias dão o 2-1 a Portugal na Taça Davis

A selecção portuguesa colocou-se em vantagem sobre a Moldávia e está mais perto de avançar para o Grupo I.

Gastão Elias não resistiu ao melhor ténis de Stanislas Wawrinka
Foto
Gastão Elias não resistiu ao melhor ténis de Stanislas Wawrinka Jose Sarmento Matos

Portugal adiantou-se este sábado no “play-off” de apuramento para o Grupo I da Zona Europa/África da Taça Davis em ténis, com o par formado por João Sousa e Gastão Elias a vencer, para fazer o 2-1 na eliminatória frente à Moldávia.

Na Sala Polivalenta de Chisinau, o par português precisou de uma hora e 55 minutos para vencer os moldavos Roman Borvanov e Andrei Ciumac por 6-3, 6-4 e 6-3.

O vencedor da terceira ronda do Grupo II da Zona Europa/África da Taça Davis, que opõe a selecção portuguesa à moldava, só será conhecido no domingo, com Portugal a precisar de vencer apenas um dos encontros de singulares para avançar para o Grupo I.

Na luta dos números um nacionais, João Sousa vai enfrentar Radu Albot, enquanto Gastão Elias terá pela frente Maxim Dubarenco.

Na sexta-feira, Sousa bateu Maxim Dubarenco e Elias perdeu com Radu Albot, resultados que ditaram um empate no primeiro dia da eliminatória.

A selecção portuguesa, capitaneada por Pedro Cordeiro, é formada por Gastão Elias, João Sousa, Pedro Sousa e Rui Machado.