“Paragem do campeonato prejudicou o Sporting”, diz Leonardo Jardim

Técnico “leonino” admitiu alterações no “onze” frente ao Olhanense.

Leonardo Jardim vai ter de mexer na defesa
Foto
Leonardo Jardim vai ter de mexer na defesa Rui Gaudêncio

O treinador do Sporting, Leonardo Jardim, acha que a sua equipa foi prejudicada pela paragem da I Liga, mas garantiu que a equipa vai entrar em campo com o objectivo de vencer o Olhanense. “Esta paragem beneficia mais o Olhanense e prejudica o Sporting. O Sporting viu-se privado de mais de 50% dos atletas que estavam a jogar, muitos com viagens de longa distância e outros que não jogaram pelas selecções e perderam ritmo. O Sporting não teve nenhuma vantagem com a paragem”, disse em conferência de imprensa.

Jardim explicou que os jogadores, depois dos compromissos das selecções, devem de novo focar-se no Sporting, e admitiu alterações no "onze" titular.

O treinador explicou que muitos analistas apontavam o Olhanense como uma das equipas mais fracas do campeonato, mas que as jornadas já disputadas mostram uma situação diferente. “O Sporting tem de ser igual a si próprio. Pressionante, com bom jogo de corredores e boa capacidade para entrar na área. O Olhanense tem jogadores com experiência, foi buscar alguns jogadores que é difícil de avaliar para já. Para vencer temos de respeitar o Olhanense”, salientou.

O técnico desvalorizou o facto de o jogo ser disputado no Estádio do Algarve e não no Estádio José Arcanjo, a casa do Olhanense, lembrando que o adversário venceu o único jogo que disputou em casa.

Para o jogo de domingo, o técnico não vai poder contar com o lesionado Marcos Rojo, referindo que Eric Dier ou Rúben Semedo serão as opções naturais para substituir o defesa argentino. “Temos duas opções que são Dier e do Semedo. Dier tem mais experiência, mas pouco ritmo, e o Semedo já jogou do mais que um jogo, tem ritmo competitivo e na apresentação do Sporting teve uma boa prestação. É um elemento válido”, defendeu.

Em relação aos reforços Piris e Vítor, o treinador explicou que estão em fases diferentes da sua preparação. “O Vítor está num patamar de forma mais alto e pode ser opção, enquanto o Piris está fora das opções e pode ganhar ritmo na equipa B. Estou satisfeito, tenho um plantel curto e competitivo e ainda seis ou sete jogadores da equipa B que trabalham connosco e que no futuro podem ser importantes na equipa”, referiu.

Leonardo Jardim, que recusou comentar a situação de Labyad (afastado da equipa), disse ainda que a época está no início e que não se devem definir outros objectivos, explicando que o Sporting procura “apresentar qualidade de jogo e vencer” cada partida que disputa.