DR
Foto
DR

The Art Boulevard é a primeira plataforma ibérica de "crowdsourcing" artístico

O novo ponto de encontro entre artistas e amantes das artes é um sítio na web. Há oportunidades, eventos e tutoriais. Samuel Pimenta no primeiro MeetUp de artistas.

É um mercado de arte mas não há artigos em exposição. Interessa a músicos e a pintores, e a todos os amantes e executantes das múltiplas formas de arte. The Art Boulevard é a primeira plataforma de "crowdsourcing" artístico entre Portugal e Espanha, garantem os criadores do projecto. Funciona como um ponto de encontro entre a procura e a oferta artística dos dois países, principalmente. 

Já estão abertas as candidaturas ao Prémio Literário Vergílio Ferreira 2014. Filmes em Inglês produzidos depois de 2010 podem ser agora submetidos aos júris do Innsbruck Nature Film Festival, na Áustria. Jovens pianistas estão convidados a inscreverem-se no 60º Concurso Internacional de Música Maria Canals Barcelona. Estas são apenas algumas das dezenas de oportunidades que o António Silva (compositor), a Mariana Alves (escritora) e todos os outros utilizadores podem encontrar no "Café". Aqui também são anunciados os próximos eventos do mundo da arte.

“The Art Boulevard nasce a partir da constatação de um problema com duas vertentes: por um lado, muitos artistas e criadores não encontram espaços para expôr e actuar e, por outro lado, muitos espaços têm dificuldades para completar a sua programação, encontrar novos talentos ou diversificar os seus recursos criativos”, conta-nos Bárbara Soares, da organização.

Esta é uma iniciativa do projecto “Conviver na Arte”, co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, no âmbito do Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal e conta com o apoio de várias outras entidades, incluindo a Câmara Municipal de Serpa. “É um projecto puramente institucional, sem fins lucrativos” garante Bárbara.

A plataforma está disponível em três idiomas: português, inglês e espanhol, ainda que utilizadores de todo o mundo sejam convidados a registar-se. Este "site" foi lançado em Outubro de 2012 nas versões espanhola e inglesa e em finais de Janeiro de 2013 na versão portuguesa. "A resposta tem sido muito positiva" afirma, "em tão pouco tempo, contamos com cerca de 600 utilizadores e a página já recebeu mais de 30 mil visitantes."

O mercado fora de portas

Um dos objectivos da organização é promover o "networking" criativo, também fora de portas. Na quinta-feira, dia 29 de Agosto, pelas 21h, o bar do Teatro Rápido, em Lisboa, recebe o primeiro encontro de artistas e ideias do The Art Boulevard. O objectivo é promover colaborações, intercâmbios, oportunidades e troca de ideias entre todos os presentes, sendo que 78 pessoas já se tinham inscrito quando falámos com a organização. Desta vez, o artista convidado do "MeetUp" é o escritor Samuel Pimenta, vencedor do Prémio Jovens Criadores 2012 na vertente de literatura. A entrada terá o custo de 2€.

Estes encontros repetir-se-ão no final de cada mês, à Quinta-feira, sempre no mesmo sítio, para já. Os artistas convidados serão especialistas em diferentes áreas. “No futuro esperamos descentralizar os MeetUp, e levá-lo a outras cidades, sem dúvida”, revelou Bárbara Soares.

Mas não só de oportunidades e de encontros se faz um Art Boulevard. No Lab há ainda tutoriais (a Raquel Duarte a ensinar restauro de mobiliário é só um deles) e entrevistas a outros artistas como a Carolina Deslandes.