Avião aterra sem trem dianteiro em Nova Iorque, acidente fez dez feridos

“Houve um estrondo e um salto e, em seguida, uma travagem, e depois uma derrapagem”, contou uma passageira, Kathy Boles, à CNN.

Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria

O acidente foi provocado pelo colapso do trem da frente, no momento da aterragem, informou a empresa proprietária do avião acidentado, a Southwest Airlines. “O trem de aterragem colapsou”, disse o director do aeroporto, Thomas Bosco, aos repórteres.

“Houve um estrondo e um salto e, em seguida, uma travagem, e depois uma derrapagem”, contou uma passageira, Kathy Boles, à CNN.

As imagens mostram o nariz do avião, um Boeing 737-700, tombado na pista.

O acidente com o voo 345, proveniente de Nashville, sul dos Estados Unidos, ocorreu às 17h40 locais (22h40 em Lisboa).

 “Quatro [pessoas] foram tratadas no local e seis foram hospitalizadas”, disse um porta-voz da Southwest Airlines,  companhia que se dedica essencialmente a voos domésticos, citado pela AFP.

A CNN noticiou que os feridos são 11. Os passageiros que tiveram de receber assistência sofreram lesões nas costas e no pescoço.

O aeroporto de La Guardia, um dos três de Nova Iorque, é usado sobretudo para as ligações internas no país.

A Boeing não comentou o acidente. As autoridades norte-americanas de segurança nos transportes estão a investigar o ocorrido.