Temperaturas voltam a subir a partir de domingo

Na próxima semana as temperaturas máximas vão estar dentro dos valores normais para a época.

Foto
Associação ambiental pede política de limpeza de praias Nuno Ferreira Santos

“As temperaturas máximas vão sofrer uma pequena descida nas regiões do interior no sábado e no domingo mantêm-se estáveis, sendo que no final do dia vão sofrer uma pequena subida em especial nas regiões do litoral”, adiantou a meteorologista do IPMA.

De acordo com Patrícia Gomes, a partir de domingo as temperaturas máximas vão subir em média entre dois a quatro graus, dependendo da região do país.

“De um modo geral vão variar entre os 25 e os 30 graus Celsius nas regiões do litoral e nas regiões do interior entre os 30 e os 35 graus, ou seja, valores normais para a época”, salientou.

“Para hoje [sexta-feira] e para o fim-de-semana estamos a prever céu pouco nublado ou limpo, mas com nebulosidade no litoral Norte e Centro e na região sul até ao final da manhã, períodos de chuva fraca ou chuvisco para as regiões do norte e centro em especial no interior, aguaceiros acompanhados de trovoada e vento fraco a moderado nas terras altas”, adiantou a meteorologista.

Ainda assim, o IPMA colocou sob aviso amarelo os distritos de Vila Real e Bragança entre as 11h e as 20h59 desta quinta-feira, devido ao tempo quente, bem como a costa Sul da Madeira. Neste arquipélago, as regiões montanhosas estão sob aviso laranja, entre as 3h e as 20h59, passando depois a amarelo até às 21h de sábado, também devido às altas temperaturas.

Patrícia Gomes explicou que o anticiclone está numa posição diferente da do fim-de-semana passado, altura em que as temperaturas estiveram acima dos 40 graus.

“Temos também uma depressão térmica situada no interior da Península Ibérica e esta conjugação provoca uma corrente de oeste que transporta até nós um ar marítimo um pouco mais húmido e que acaba por originar temperaturas mais baixas do que no fim-de-semana”, disse.

De acordo com Patrícia Gomes, na próxima semana as temperaturas máximas vão ficar dentro dos valores normais para a época.