Foto

Changeathon, soluções sustentáveis para boas ideias

Estão abertas as inscrições para a competição entre jovens empreendedores com ideias que promovam a mudança social

iRide e U-Play. Estes são apenas dois exemplos de projectos (vencedores de edições anteriores) que mostraram ter pernas para andar. A terceira edição do programa de empreendedorismo social, Changeathon, vai ter lugar, nos próximos dias 14 e 15 de Junho de 2013, no novo espaço GNRation, em Braga.

O evento tem como principal objectivo fornecer aos jovens empreendedores os recursos que precisam para criarem soluções sustentáveis, no combate aos problemas que afectam a sociedade, tais como a pobreza, a exclusão social de pessoas com deficiência, o abandono de idosos, as dificuldades económicas dos jovens e os problemas ambientais.

Inspirado no termo “hackathon”, proveniente de competições informáticas entre programadores e pessoas ligadas à área das novas tecnologias para o desenvolvimento de códigos e aplicações, o Changeathon utiliza um conjunto de ferramentas e técnicas oriundas de uma metodologia designada de “Lean Launch Pad”, para promover “uma maratona de mudança” social, explica Tiago Sequeira, mentor do projecto.

PÚBLICO -
Foto

Podem participar no evento, equipas previamente formadas ou qualquer pessoa em nome individual, com ou sem ideia de negocio, uma vez que, ao longo do processo, todos os elementos serão integrados em equipas. As inscrições têm um custo de 15 euros por pessoa, com refeições incluídas, e podem ser feitas até ao dia 12 de Junho.

No final, as equipas apresentam a ideia a um painel de júris da área social e a equipa vencedora tem direito a três meses de incubação no espaço GNRation e a uma assinatura de uma ano do programa de facturação online InvoiceXpress.

Os jovens e a falta de emprego

O facto de o programa Changeathon ter lugar no GNRation permite concretizar um dos eixos principais do espaço bracarense. O empreendedorismo e a necessidade de dotar os jovens com ferramentas para enfrentar o mercado de trabalho constituem o primeiro pilar do projecto pensado no ano da Capital Europeia da Juventude 2012 (CEJ).

Após ter inquirido jovens e associações nacionais e europeias, o presidente da Fundação Bracara Augusta, responsável pelo espaço, Hugo Pires, chegou à conclusão que “a maior preocupação dos jovens é o problema do emprego", "sobretudo numa altura em que saem da universidade e têm muito poucas perspectivas de empregabilidade”.

Também o segundo eixo da estratégia do GNRation, ligado às questões da participação cívica e da cidadania activa, vão ao encontro dos objectivos do evento, na medida em que, um dos papéis do projecto “é intervir na sociedade, mudar mentalidades, mudar formas de pensar e de encontrar soluções criativas para o futuro", destaca o gestor do espaço, Rui Dória.

Para Hugo Pires, é preciso “sensibilizar a sociedade para o contributo que os jovens podem trazer à comunidade nas mais diferentes áreas, através da participação cívica na vida cultural, política, económica e social do território". Nesse sentido, o presidente da Bracara Augusta considera que "a Capital da Juventude 2012 foi uma homenagem ao futuro da Europa".

As primeiras edições do Changeathon tiveram lugar, em Braga, no início do ano de 2013, nomeadamente, em Janeiro, no espaço Factory e em Março, na Universidade do Minho.

Sugerir correcção