Manuel Cajuda abandona Olhanense

Nona mudança de técnico na I Liga, na edição 2012/13 da prova

Manuel Cajuda tinha substituído Sérgio Conceição
Foto
Manuel Cajuda tinha substituído Sérgio Conceição Nuno Ferreira Santos

Manuel Cajuda tornou-se hoje no nono treinador a deixar o comando técnico de um clube da I Liga portuguesa, na edição 2012/13 da prova, com o Olhanense a sofrer a segunda “chicotada psicológica”.

Após a 27.ª jornada, o treinador deixa o clube algarvio na 14.ª e penúltima posição do campeonato, uma acima da zona de despromoção, tendo conseguido apenas um triunfo desde que chegou ao clube, para substituir Sérgio Conceição, após a 13.ª ronda.


Conceição tinha sido, curiosamente, o último treinador a ser contratado, tendo substituído Pedro Emanuel do comando da Académica, à 25.ª jornada.

Antes da saída de Pedro Emanuel, a chamada “chicotada psicológica” já havia sido experimentada sete vezes na presente temporada, com destaque para o Sporting: Sá Pinto deu lugar a Oceano, este ao belga Franckie Vercauteren, e este, por fim, cedeu o posto a Jesualdo Ferreira.

Registaram-se ainda alterações no Nacional (Pedro Caixinha por Manuel Machado), Olhanense (Sérgio Conceição por Manuel Cajuda), Moreirense (Jorge Casquilha por Augusto Inácio) e Beira-Mar (Ulisses Morais por Costinha).