JS apela à emigração do Governo enviando bilhetes de avião para São Bento

JS convidou esta quinta-feira o Governo a emigrar depois de ser conhecida a demissão apresentada pelo ministro Miguel Relvas.

Na sequência do pedido de demissão de Miguel Relvas e da apresentação da moção de censura ao Governo pelo PS, a Juventude Socialista enviou hoje para o Palácio de São Bento 11+1 bilhetes de avião para agilizar a saída do executivo de Passos Coelho. 

“De forma satírica, mas personificando o sentimento de indignação e saturação partilhado por cada vez mais portugueses, a JS entende que chegou o momento da tolerância zero face à incompetência e inacção do governo, particularmente no que concerne à defesa das novas gerações”, pode ler-se no comunicado enviado pela JS ao PÚBLICO.

O secretário-geral da JS, João Torres, considerou esta quinta-feira que “o check-in do homem forte do Governo” é uma “boa oportunidade para a saída de todos os restantes membros do Governo".